Home > Notícias

Sistema informatizado vai ajudar no combate à exploração sexual infantil

Brasil será o segundo país a usar tecnologia, que deve estar operando a partir de 2007, segundo Polícia Federal

Por Redação do IDG Now!*

29/11/2006 às 11h11

Foto:

Brasil será o segundo país a usar tecnologia, que deve estar operando a partir de 2007, segundo Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) pretende adotar um sistema informatizado de combate à exploração sexual infantil. Um programa de computador vai possibilitar a policiais e peritos que trabalham na investigação desse crime pela internet compartilhar informações sobre o que acontece nos Estados brasileiros e no mundo, facilitando a identificação de criminosos.

Com a interação, quando um policial que trabalha no Nordeste, por exemplo, digitar um apelido usado na internet, o nome próprio ou o e-mail de um criminoso que mora na região Centro-Oeste, poderá encontrar informações relacionadas a essa pessoa e chegar até ela para prendê-la.

Segundo o chefe da perícia de informática da PF, Paulo Quintiliano, o sistema antigo de fotos e arquivos era manual, o que demorava e dificultava a troca de informações entre as forças policiais.

“A gente vai ter uma ferramenta muito eficaz no combate desses crimes. Vamos tirar de circulação muitos criminosos. A tendência, uma vez que esses criminosos sejam buscados, encontrados e punidos, é que haja uma diminuição desses crimes”, disse, acrescentando que o novo sistema também vai ajudar na luta contra outros crimes na internet.

O Canadá foi o primeiro país a implementar um sistema informatizado de combate à exploração sexual infantil. O Brasil será o segundo a usar essa tecnologia, que até 2007 deve estar operando em todo o país.

Países como Estados Unidos, Itália, Reino Unido e Indonésia estão na fila para iniciar a utilização do sistema.

*Com informações da Agência Brasil

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail