Home > Notícias

AMD começa a produzir chips com tecnologia de 65 nanômetros

O Athlon 64 dual-core está sendo fabricado com a nova tecnologia que permite melhorar o desempenho e o consumo de energia

Por Ben Ames, para o IDG Now!*

06/12/2006 às 11h17

Foto:

O Athlon 64 dual-core está sendo fabricado com a nova tecnologia que permite melhorar o desempenho e o consumo de energia

A AMD começou a vender chips com a tecnologia de 65 nanômetros nesta terça-feira (05/12), em processo de migração da indústria de semicondutores para o desenvolvimento de chips mais rápidos, eficientes e que consumam menos energia. Um nanômetro equivale a um milionésimo de milímetro.

O Athlon 64 dual-core está sendo fabricado com a nova tecnologia que permite melhorar o desempenho e o consumo de energia, segundo Jack Huynh, gerente de desenvolvimento de mercado da AMD.

Nos Estados Unidos, alguns fabricantes já estão vendendo computadores equipados com o novo processador. A lista, no entanto, vai crescer no primeiro trimestre de 2007, com Acer, Dell e HP.

A transição para a tecnologia de fabricação de 65 nanômetros é crucial para AMD em sua disputa com a rival Intel.

Em 2006, a Intel teve um ano difícil, perdendo participação de mercado para a AMD, mas reagiu nos últimos meses, com o lançamento da família Core 2 Duo para computadores pessoais.

A Intel fez a transição para chips de 65 nanômetros meses atrás e já vende mais processadores na nova tecnologia de fabricação do que na antiga de 90 nanômetros.

*Ben Ames é editor do IDG News Service, em Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail