Home > Notícias

Conheça mais detalhes sobre o Classmate PC, “rival” do notebook XO

Confira as configurações, o layout e as primeiras impressões do Classmate PC, que concorrerá com o notebook de 100 dólares

Por Mário Nagano

06/12/2006 às 16h35

Foto:

Confira as configurações, o layout e as primeiras impressões do Classmate PC, que concorrerá com o notebook de 100 dólares

O notebook educacional que concorre diretamente com o XO da fundação OLPC (One Laptop Per Child) de Nicholas Negroponte, o Classmate PC, foi apresentado na terça-feira (06/12) durante a cerimônia de abertura da edição brasileira do Intel Developer Fórum, em São Paulo.

O laptop não será vendido em lojas e a aquisição se fará apenas pelas instituições de ensino, que poderão optar pelo repasse para o aluno ou mesmo pelo uso exclusivo dentro das dependências da escola. Por isso, o dispositivo possui mecanismos internos que podem, por exemplo, fazer com que ele funcione apenas dentro da área de alcance da rede Wi-Fi da escola, o que pode desencorajar o furto de aparelhos. No entanto, tal recurso pode ser desabilitado pelo colégio que permitir ao aluno levar o equipamento para casa.

>>Confira a galeria de fotos do Classmate PC

Não maior que um livro, o Classmate PC vem equipado com um processador Celeron M de 900 MHz, tela LCD de 7 a 8 polegadas, no mínimo 256 MB de RAM e, ao invés de um disco rígido convencional, ele utiliza um "disco" de memória Flash (a mesma contida nos pendrives) de 1 GB para a versão com Linux e 2 GB para a que utiliza Windows XP.

Elber Mazaro, diretor de marketing da Intel, acredita que o uso da memória Flash oferece algumas vantagens já que, por não ter partes móveis, ela está menos sujeito a choques mecânicos, como uma queda acidental. 

Questionado se 1 ou 2 GB não seria pouca capacidade de armazenamento, Mazaro explicou que o modelo de uso do Classmate PC prevê que, ao final de uma aula, todos os computadores tenham sua memória apagada e sejam reinicializados, a fim de que todos os alunos do próximo período recebam um equipamento nas mesmas condições. Por causa disso, espera-se que os dados pessoais dos alunos não fiquem armazenados no Classmate e sim em alguma pasta na rede da escola ou externamente, em um HD ou pendrive.

Para isso, o Classmate possui duas portas USB — uma em cada lateral —, que permite ligá-lo a dispositivos com essa interface e drivers para Windows ou Linux, como um disco externo, scanner, unidade de CD/DVD ou impressora.

Para se comunicar com o mundo exterior, o portátil ainda conta com uma porta de rede Ethernet, Wi-Fi e som. Para proteger seu gabinete externo, o Classmate é revestido de uma capa de couro sintético que vem com uma alça de transporte no mesmo material e um fecho magnético que lembra o de uma bolsa de mulher. A versão apresentada veio com uma capa azul clara, mas é possível que outros padrões e cores possam ser adotados.

Como era de se esperar, seu teclado segue o mesmo padrão dos outros notebooks, apesar de as teclas serem um tanto pequenas para ser usado por um adulto com mãos grandes. Chamou-me a atenção o desenho do touchpad, redondo, e o fato de o layout do teclado ainda não seguir o padrão nacional ABNT-2. Segundo a Intel, o teclado é resistente a líquidos como água, suco ou refrigerante.
 
Tanto as versões da Positivo quanto da CCE estão sendo construídas a partir de kits de montagem (CKD/SKD) fornecidos pela própria Intel. O preço final de cada unidade ainda não foi divulgado, mas a intenção é que a unidade fique na faixa dos 400 dólares. A decisão dependerá de vários fatores, como logística, taxas e impostos, escala de produção e até mesmo do valor do software embarcado.

O interessante é que tanto a CCE quanto a Positivo não serão parceiros e sim concorrentes nesse novo nicho de mercado. Como a plataforma é praticamente a mesma, a grande diferença ficará nas condições comerciais e no conteúdo educativo que será oferecido por cada empresa. 

Enquanto a Positivo confia no seu envolvimento com a área de educação produzindo inclusive seu próprio material didático, a CCE aposta na sua experiência na manufatura de produtos eletrônicos e na parceria com o portal Click Educação para fornecimento de conteúdo.

Segundo Mazaro,  uma dos grandes atrativos do Classmate PC é a flexibilidade da sua plataforma que poderá atender a vários modelos de educação, seja ele do governo ou da iniciativa privada.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail