Home > Notícias

Segundo pesquisa, 37% planejam migrar para Office 2007 nos EUA

Levantamento do Computerworld/EUA aponta que 22% desses interessados pretendem implantar a nova versão em até 12 meses

Por Mari Keefe, para o Computerworld

06/12/2006 às 10h57

Foto:

Levantamento do Computerworld/EUA aponta que 22% desses interessados pretendem implantar a nova versão em até 12 meses

Boa parte dos gestores de tecnologia norte-americanos já planeja adotar o novo pacote de produtividade da Microsoft, o Office 2007. Isso é o que aponta uma pesquisa conduzida pela edição norte-americana do Computerworld, com 727 participantes.

De acordo com o levantamento, 37% da amostra pesquisada já tem planos de migração para o novo Office. Desses entrevistados, 22% pretendem efetuar a migração nos próximos 6 a 12 meses, ao passo em que 9% deles apontam planos de substituição em 13 a 18 meses. Para 7% dos entrevistados, o plano é migrar depois de 18 meses.

Por outro lado, 44% dos profissionais entrevistados disseram que não têm intenção de migrar, enquanto 19% afirmaram não saber se conduzirão a implantação. Dessa amostra, 39% disseram não ter planos de migração neste momento, enquanto 5% apontaram que não implantarão a versão. Dezenove por cento não decidiram ainda migrar.

Segundo o estudo, o percentual de gestores que pretendem migrar para o Office é semelhante nas empresas de pequeno, médio e grande portes. Além disso, quase três quartos (72%) dos entrevistados que testaram o Office 2007 na versão beta disseram que suas empresas pretendem implementá-lo.

Entre as empresas que não pretendem migrar, 25% disseram que já estão comprometidas com o Office XP ou o 2003. Para 24% dessa amostra, os custos com atualização de software são muito altos, o que inviabiliza a substituição. Para 15% dos entrevistados as novas funcionalidades não são suficientes para motivar a migração.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail