Home > Notícias

Xbox Live poderá ser acessado por celulares graças a serviço online

"Mash-ups" para celulares, incentivados pela MS pelo Connected Services Sandbox, incluirá rede online de games aos dispositivos móveis

Por Sumner Lemon, para o IDG Now!*

07/12/2006 às 11h35

Foto:

"Mash-ups" para celulares, incentivados pela MS pelo Connected Services Sandbox, incluirá rede online de games aos dispositivos móveis

A introdução do Connected Services Framework, da Microsoft, permite que desenvolvedores adicionem games do Xbox Live a mash-ups para telefones celulares, disse a companhia nesta segunda-feira (06/12).

O Connected Services Framework e um serviço de suporte chamado Connected Services Sandbox foram criados para ajudar desenvolvedores na produção de mash-ups, aplicações que combinam diferentes serviços online, para celulares. A jogada abre portas para que operadoras ofereçam acesso ao Xbox Live como parte do pacote de serviços customizados contratado pelas empresas.

"Do ponto de vista da operadora, o Xbox Live é extremamente atraente por que é um serviço que funciona bem com banda larga", disse Pieter Knoon, vice-presidente sênior da divisão de Mobile and Embedded Devices da Microsoft, durante uma apresentação na conferência Telecom World 2006, realizada pela International Telecommunication Union, em Hong Kong.

"Caso você seja um adolescente que está na casa de um jogador de Xbox, você nunca mais conseguirá desligar a banda larga. Desde ponto de vista, é um exemplo para a operadora de algo que realmente separa a nata do leite", disse Knook, usando o ditado para descrever o número de assinantes que cancelam o serviço ou mudam para outra operadora.

Jogar o mesmo game em um console e em um telefone móvel envolve duas diferentes experiências em games. "As pessoas não querem jogar o mesmo título de seus PCs em seus aparelhos móveis", analisa.

Ao invés disto, o Xbox Live em um telefone celular complementará o jogo do console ou do PC. Jogadores, por exemplo, do popular "Halo" usam o console para entrar em batalhas, enquanto o PC é usado para fornecer novos personagens e organizar times.

Estender o jogo para celulares permitirá que jogadores mantenham contato com seus amigos e membros de time enquanto estão longe de casa, citou.

"Este ambiente de comunidade se expande para o aparelho móvel, mas isto não significa que você jogará 'Halo' em seu celular em muito tempo ainda", revelou.

O console DreamCast, último desenvolvido pela japonesa Sega, usava estratégia similar para que personagens de games de RPG ou aventura evoluíssem enquanto o usuário estivesse longe do console.

Para isto, acompanha o console um dispositivo chamado Visual Memory Unit (VMU), que sincronizava informações do console pelo joystick e permitia o manuseio dos personagens por sua tela LCD.

*Sumner Lemon é editor do IDG News Service, em Pequim.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail