Home > Notícias

E-mail sobre Mac teria sido pressão para mudanças no Vista

Executivo de desenvolvimento do Windows diz que estava propositalmente sendo dramático ao mandar e-mail para Ballmer e Gates

Por Redação do Computerworld*

13/12/2006 às 12h32

Foto:

Executivo de desenvolvimento do Windows diz que estava propositalmente sendo dramático ao mandar e-mail para Ballmer e Gates

Foi proposital. Esse é o rebate do chefe de desenvolvimento Windows, James Allchin, sobre a frase que escreveu em e-mail para Steve Ballmer e Bill Gates em 2004, dizendo que compraria um Macintosh da rival Apple se não fosse funcionário da Microsoft.

O executivo afirmou no blog do Windows Vista no começo desta quarta-feira (13/12) que foi “intencionalmente dramático” no texto – que veio à tona graças a um processo antitrust contra a Microsoft – porque queria ecorajar uma mudança nos meios que a empresa estava conduzindo o Windows naquele momento. Ele diz ainda que, fora do contexto, somente a frase “compraria um Mac”, o comentário pode ser entendida de maneira confusa.

Allchin, cujo e-mail foi confirmado como genuíno e direcionado para a equipe do Computerworld nos EUA nesta terça-feira (12/12) depois que foi considerado legalmente público, continua: “Este e-mail já tem três anos e eu estava sendo propostitalmente trágico para dirigir a empresa a um ponto único, já que naquele momento precisávamos mudar e rapidamente”.

No texto do blog ele diz ainda que a empresa mudou radicalmente o processo de desenvolvimento que estava sendo usado e recomeçou novamente o Windows Vista no meio de 2004. Allchin diz: “fui consistente e com o espírito autocrítico que continua a existir na Microsoft”

Um trecho da transcrição da corte transcrita na semana passada – que inclui a leitura do texto deste e outros e-mails por advogados do caso – revela como o e-mail de Allchin foi apresentado:

“Demostração 7264. Quase três anos atrás, em 07 de janeiro de 2004, Jim Allchin, executivo sênior da Microsoft, enviou um e-mail para dois altos executivos, Bill gates e Steve Ballmer, e o assunto é ‘perdendo e caminho’.

Senhor Allchin diz, Eu estou certo de como a companhia perdeu o sinal de o que é importante para nossos clientes, negócios, empresa e, outros pontos importantes, mas no meu ponto de vista nós perdemos o caminho.

Eu acredito que nossos times perderam o entendimento de o que significam bugs, cenários cheios, segurança, performance, como são importantes aplicações correntes e os problemas mais comuns que nossos clientes enfrentam.

Eu vejo muitas características aleatórias e algumas visões boas também, mas que não se traduzem em bons produtos. Ele vai em frente e diz, Eu compraria um Mac hoje se eu não trabalhasse para a Microsoft".

*Com informações do Computerworld nos Estados Unidos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail