Home > Notícias

Japão começa a testar propaganda em papel eletrônico colorido em trens

Três trens da Linha Yamanote ganharam painéis de 13 polegadas para reproduzir comerciais durante viagens com tecnologia de e-paper colorido

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

14/12/2006 às 12h02

Foto:

Três trens da Linha Yamanote ganharam painéis de 13 polegadas para reproduzir comerciais durante viagens com tecnologia de e-paper colorido

Japoneses na região metropolitana de Tóquio que viajam diariamente até o trabalho estão tendo a chance de experimentar uma tecnologia de ponta para display a partir desta quinta-feira (14/12).

Em três trens, anúncios tradicionais de papéis foram substituídos por display de papel eletrônico colorido. Os displays, mesmo tecnologicamente avançados, se provaram difíceis de ler durante a demonstração para imprensa.

Os displays de 13,1 polegadas foram fabricados pela Hitachi usando a tecnologia de "talco líquido eletrônico" desenvolvida pela Bridgestone. Existe dois displays para cada um dos três vagões, pregado na parede e na parte do fundo do trem.

Cada display é conectado a uma unidade menos que contém componentes eletrônicos e memória de 8 MB que pode armazenar 37 propagandas. Cada comercial é mostrado por 2 minutos em ciclos contínuos.

O papel eletrônico ainda está em sua infância. Mostrado como protótipo por diversos anos, a tecnologia começou a aparecer em produtos comerciais apenas recentemente. Um de seus usos mais comuns é no livro eletrônico Sony Reader, da Sony, mas com display monocromático.

Os displays nos trens oferecem relativa baixa resolução, com 50 pontos por polegada, e podem reproduzir oito cores.

Não existe também luz de fundo, o que faz com que as imagens da tela pareçam escuras e propagandas utilizando cores escuras, como vermelho e preto, se tornem difíceis de ler. Reflexões na camada plástica do display também causaram problemas aos passageiros.

Os testes durarão um mês e terão grande alcance, já que acontecerão em trens que rodam na Linha Yamanote, da East Japan Railway. Por chegar ao centro, a linha carrega cerca de 3,5 milhões de pessoas diariamente, se tornando uma das mais usadas e importantes da cidade.

O teste considerará a opinião de quem viaja nos trens e perceber como o sistema se comporta no ambiente real dos trens, disse Nobuyuki Ogura, diretor-sênior da divisão de sistemas de informação de transportes em Tóquio. A estratégia da Hitachi segue outro teste no ano passado com displays monocromáticos que substituíam papéis na Estação de Tóquio, disse.

A Hitachi continuará a trabalhar em telas e espera ter painéis comerciais prontos para uso em março de 2008.

A Linha Yamanote tem 52 trens e cada um dos trens com 11 vagões são reproduzidas 1.414 propagandas, num total de 73.528 comerciais para toda a linha. Enquanto 96 das propagandas em cada trem são feitas em LCD, o resto precisa ser trocado manualmente.

O uso de mais anunciantes digitais significa que novo conteúdo pode ser rapidamente transmitido para cada painel com menos esforço.

Os testes incluem a habilidade e atualizar as propagandas por um link de internet sem fio para os painéis.

A Hitachi não é a única companhia trabalhando no papel eletrônico colorida. No começo do ano, a Fujitsu mostrou um protótipo de um painel de 7.8 polegadas que pode reproduzir 4.096 cores.

O display, que tem o tamanho de um papel A5, foi construído na forma de um leitor de livros eletrônicos e demonstrado na feira Ceatec, em outubro.

*Martyn Williams é editor do IDG News Service, em Tóquio.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail