Home > Notícias

Gráficos do Vista podem diminuir autonomia de bateria em notebooks

Efeitos visuais que acompanham versões sofisticadas do sistema pedirão atenção de usuários com autonomia das baterias, adverte consultoria

Por Ben Ames, para o IDG Now!*

19/12/2006 às 10h57

Foto:

Efeitos visuais que acompanham versões sofisticadas do sistema pedirão atenção de usuários com autonomia das baterias, adverte consultoria

Usuários de notebooks que pretende atualizar para o Windows Vista, da Microsoft, deverão ter que desabilitar algumas das novas funções gráficas do sistema operacional para evitar uma diminuição na autonomia da bateria comparada ao do Windows XP.

A queda virá da energia extra necessária para rodar processadores high-end, placas gráficas e grande quantia de memória necessários para suportar o sistema. A Microsoft desenvolveu o novo sistema operacional de maneira que sua interface dispusesse de efeitos visuais e melhor desempenho para hub de mídia.

A versão para usuários finais chegará às lojas no final de janeiro.

Fabricantes de hardware vêem no Vista um sistema que limitará clientes, por pedir PCs mais rápidos e poderosos. Da mesma maneira que um veículo esportivo queima mais combustível que um sedan, o poder extra do Vista custa um preço.

"O Vista exige mais poder de processamento para aplicações do que o XP. Por isto, você precisará de uma bateria mais pesada ou autonomia menor já que haverá maior demanda por watts", disse Phils Hester, chief technology officer da AMD.

"Caso rode no sofisticado modo Aero, sem ativer nenhuma função de gerenciamento de energia, o sistema pedirá mais energia e terá impacto direto na vida da bateria", disse o porta-voz da Dell, Ira Willians, em entrevista.

"Mas, caso o Vista seja rodado em modo otimizado, não esperamos que o sistema seja diferente do XP neste cenário", afirma.

A porta-voz da Microsoft confirmou que o Vista permitirá que usuários desabilitem ou diminuam o poderio gráfico como parte do pacote de gerenciamento para economizar energia no Vista, assim como no Windows XP. No entanto, ela confirmou que so gráficos têm um impacto menor na bateria que outros hardwares no PC.

A companhia desenvolveu o Vista para que usuários de notebooks economizassem energia diminuindo o brilho da tela, volume, redes sem fio e outros atributos, de acordo com o site da Microsoft. O Vista também tem um modo chamado "Sleep", similar aos "StandBy e "Hibernate" de versões anteriores.

Mesmo assim, usuários que queiram economizar bateria terão que desistir dos efeitos visuais mais impactantes, disse Richard Shim, analista do IDC.

"É uma crítica comum que qualquer sistema Windows tenha uma função que economize bateria", disse Shim. "Se você olhar pro XP e pro Windows 98, demorou um tempo até que a empresa aprendesse a otimizar o hardware. E como o mercado de PC continua a confiar na venda de notebooks para crescer, esta será uma grande preocupação".

Usuários podem ainda gerenciar energia escolhendo reduzir o tempo que seus chips e discos rígidos entrem em hibernação, desligando o som e o acesso wireless, evitando rodar mais que 5 aplicações ao mesmo tempo e diminuir o brilho das telas - o componente que mais gasta bateria no notebook, disse Shim.

O executivo aponta também que alguns fabricantes de hardware também estão ajudando, adicionando funções de eficiência no chipset, componentes gráficos e BIOS que economize de 2% a 5% de energia extra.

*Ben Ames é repórter do IDG News Service, em Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail