Home > Notícias

Anatel: Brasil alcançará marca de 100 milhões de celulares até 2007

Anatel afirma que, com mais 2,67 mi de adesões, País alcançará expectativa de terminar 2006 com 100 milhões de aparelhos em serviço

Por Redação do Computerworld

27/12/2006 às 12h38

Foto:

Anatel afirma que, com mais 2,67 mi de adesões, País alcançará expectativa de terminar 2006 com 100 milhões de aparelhos em serviço

O crescimento no número de celulares nos últimos 21 meses não foi menor do que 2000%. Assim, segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o Brasil conseguirá terminar 2006 com a marca de 100 milhões de celulares em serviço.

Dados do Serviço Móvel Pessoal (SMP) relativos a novembro – mês em que houve 689,98 assinantes – mostram que a adesão se elevou para 97,33 milhões no total de celulares ativos no País.

Desse total, 78,48 milhões são pré-pagos (80,64%) e os outros 18,84 milhões são pós-pagos (19,36%).

Os números de vendas dos meses de dezembro dos últimos três anos, revelam que a centena de milhão pode ser superada ainda em 2006, já que este é o melhor mês em vendas para a telefonia móvel.

Segundo a Anatel, entre 1990 e novembro de 1997, período inicial da telefonia móvel no País, que precedeu a instalação da Anatel, o setor somou 4,55 milhões de habilitações.

Passados nove anos, a telefonia celular agregou outros 92,78 milhões de acessos em serviço à planta nacional (uma média anual de 10,3 milhões de adesões) desde o encerramento de 1997 – crescimento superior a dois mil por cento.

Os dados da Anatel indicam ainda que em cada 100 brasileiros, 51 têm celular. Em 1997, esse número não passava de 2,5 pessoas.

O indicador, que é utilizado internacionalmente para demonstrar o número de telefones ativos em cada grupo de 100 habitantes, teve índice de 51,92 em novembro, contra 51,62 em outubro.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail