Home > Notícias

HD DVD, Blu-ray, Windows Vista e casa digital são destaques da CES 2007

Todos eles eram promessas de 2006 que voltam à cena durante a maior feira de eletrônicos de consumo do mundo, que começa nos EUA

Por Elizabeth Montalbano, para o IDG Now!*

08/01/2007 às 12h11

Foto:

Todos eles eram promessas de 2006 que voltam à cena durante a maior feira de eletrônicos de consumo do mundo, que começa nos EUA

transferencia de dadosAtualizada às 14h58 do dia 11/01
Os destaques da Feira Internacional de Eletrônicos de Consumo (CES, da sigla em inglês) já eram promessas em 2006. Mas será que dessa vez vão conquistar os consumidores?
Os usuários não abraçaram a chamada casa digital “conectada” nem o vídeo de alta definição como previsto na última edição da feira, e esse continuará sendo o foco do evento, que acontecerá em Las Vegas, da segunda-feira (08/01) a quinta-feira (11/01). São esperados cerca de 150 mil visitantes.

Clique aqui para conferir a galeira de fotos do evento

A CES terá apresentações dos grandes nomes da indústria, como a Misrosoft e a Hewlett-Packard, bem como cerca de outras 2,7 mil pequenas e médias companhias com esperanças de apresentar o mais novo sucesso do mercado para 2007. a IBM terá uma forte presença na exposição pela primeira vez em 10 anos.

Empresas da Austrália terão pela primeira vez seu espaço na CES, que reunirá participantes vindos de mais 135 países, incluindo EUA, Canadá, México e o Reino Unido. A CES completará seu 40º aniversário e marcará a data com uma comemoração no primeiro dia.

O presidente e co-fundador da Microsoft, Bill Gates, fará sua 9ª aparição anual para dar início à feira em um discurso na noite domingo. Entre outras coisas, Gates deverá promover o Windows Vista, a nova versão do sistema operacional da Microsoft, que deve ser lançada para o consumidor final em 30 de janeiro.

Outros executivos de tecnologia que farão discursos são Ed Zander, presidente e CEO da Motorola; Olli-Pekka Kallasvuo, presidente e CEO da Nokia; Michael Dell, fundador e presidente da Dell; e John Chambers; presidente e CEO da Cisco Systems.

Porém, os grandes vendedores de tecnologia não são as únicas companhias representadas nos discursos de abertura deste ano. Como a última tecnologia digital está começando a se fundir com entretenimento, conglomerados de mídia estão se tornando figuras-chave - e padrões - para empresas que promovem eletrônicos de consumo. Por causa disso, as aparições de Robert Iger, presidente e CEO da Walt Disney, na segunda-feira, e de Les Moonves, presidente e CEO da CBS, na terça-feira, parecem completamente apropriadas para o público do evento.

++++

logo_ces_2007Entre as tendências de tecnologia, o armazenamento será novamente um grande tópico. No ano passado, as empresas por trás da briga entre os formatos de vídeo de alta definição HD DVD e Blu-ray anunciaram seus planos de grandes lançamentos - aparelhos e filmes chegaria, ao mercado e redefiniriam a maneira de as pessoas assistirem a filmes, pelo que previam. Os formatos estão de fato no mercado, mas, por conta da disputa entre os dois, ninguém está muito interessado em nenhum deles.

Espere aparelhos de reprodução e gravação mais baratos serem anunciados na feira, que deverá trazer também pronunciamentos de que 2007 será o ano da consolidação desses sistemas.

No desktop, o lançamento do Windows Vista, que está chegando, significa que muitas novas tecnologias voltadas apressar para leitura e gravação de dados estão a caminho. Fabricantes de drives devem trazer, dentro do primeiro trimestre, produtos compatíveis com o sistema ReadyDrive, e a Microsoft deverá usar este argumento para melhorar o Vista. Espere também por drives com maior capacidade e a marcha contínua do armazenamento digital em produtos eletrônicos para os consumidores.

O foco da Feira Internacional de Eletrônicos de Consumo (CES, da sigla em inglês), que começa nesta segunda-feira (08/01), em Las Vegas, nos Estados Unidos, estará mais sobre tecnologias dentro das atuais tendências e não sobre as inovadoras.

Os usuários não abraçaram a chamada casa digital “conectada” nem o vídeo de alta definição como previsto na última edição da feira. E esse continuará sendo o foco do evento, que espera receber a visita de 150 mil visitantes.

++++

logo_ces_2007A CES terá a presença de grandes nomes da indústria, como a Microsoft e a Hewlett-Packard, bem como cerca de outras 2,7 mil pequenas e médias companhias com esperanças de apresentar o mais novo sucesso do mercado para 2007. A IBM terá uma forte presença na exposição pela primeira vez em 10 anos.

As casas “conectadas” também deverão continuar em foco. Apesar de a idéia de conectar TVs, computadores, aparelhos de som e telefones celulares estar entre as previsões por muitos anos, até agora apenas os mais entusiastas em relação à tecnologia têm conseguido atingir esse sistema unificado de comunicação.

Entre os pesos-pesados da indústria, a Microsoft e a Intel devem continuar a promover tecnologias previamente apresentadas para possibilitar essa tendência. A Microsoft embutiu características previamente disponíveis no Windows Media Center OS diretamente no Vista, o que faz do sistema operacional uma plataforma que combina a TV e o computador em casa, disse a companhia.

A Intel também irá promover seu pacote Viiv - tecnologia que transforma o PC em um centro de entretenimento digital - como uma alternativa para que a conexão entre os aparelhos da casa seja menos complicada para o usuário.

Diversas outras novas tecnologias e iniciativas também prometem ajudar os consumidores a criarem uma casa conectada e muitas dessas novidades estarão na CES.

Um exemplo é a UWB (banda ultralarga, na sigla em inglês), padrão de conexão de banda larga de baixa freqüência que pode interligar aparelhos. Ainda não há produtos com essa tecnologia disponíveis.

Neste ano, com o amadurecimento do padrão, os líderes do mercado de banda ultralarga, como Alereon, Tzero Technologies e Belkin International, podem fazer anúncios sobre produtos que podem chegar em breve às lojas.

A Cisco Systems também pode deixar um marco significativo na CES deste ano, No discurso da terça-feira, seu presidente deve falar sobre as novas apostas da companhia no mercado de consumo.

Algumas das parcerias que visam a unificar todos os desenvolvimentos do espaço da casa conectada também estarão presentes no evento. A Digital Living Network Alliance (DNLA) que tem entre seus membros a IBM, Intel, Hewlett-Packard, Nokia, Sony e Samsung, entre outros, oferece uma série de recomendações para que os fabricantes de hardware e software possam se certificar de que seus produtos cabem nesse tipo de ambiente.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail