Home > Notícias

Microsoft fecha parceira para melhorar imagens do Virtual Earth

Empresa fecha acordo com GlobeXplorer para sofisticar qualidade de imagens do seu serviço de mapas online para competir com Yahoo e Google

Por Juan Carlos Perez, para o IDG Now!*

10/01/2007 às 17h54

Foto:

Empresa fecha acordo com GlobeXplorer para sofisticar qualidade de imagens do seu serviço de mapas online para competir com Yahoo e Google

Para melhorar a qualidade das imagens da sua aplicação de mapas Virtual Earth, a Microsoft assinou um acordo com o GlobeXplorer, da DigitalGlobe, fornecedora de fotos aéreas e de satélites.

Nos próximos meses, a Microsoft integrará imagens em alta resolução do GlobeXplorer no Virtual Earth, que ajuda a turbinar o serviço de buscas regionais em mapas da Microsoft.

O material da GlobeXplorer dará melhor qualidade a cerca de 400 mil milhas quadradas de imagens aéreas, disse a companhia em anúncio nesta terça-feira (09/01).

A jogada é a mais recente da Microsoft para melhor seus serviços Virtual Earth e Live Local Search, que compete contra similares do Google, Yahoo, Time Warner e IAC/InterActiveCorp, do Ask, que permite que usuários encontrem estabelecimentos em mapas online.

Em novembro, a Microsoft anunciou sua intenção de adicionar modelos em 3D de mais de 100 cidades ao Live Local Search até o final do ano. Os modelos em 3D permitem o zoom em áreas metropolitanas e "vôo" sobre e por entre prédios usando o navegador, algo que rivais da Microsoft não oferecem.

Em maio, a Microsoft comprou a Vexcel, companhia que faz produtos para criar mapas de fotografias aéreas, para também melhorar o Virtual Earth.

Usuários acham os sistemas de busca atraentes por listarem negócios disponíveis apenas em listas telefônicas, mas com complementos, como informações em mapas, direções de trânsito e opiniões de usuários.

Buscas feitas em sistemas locais tendem a ser motivadas por um desejo de compra, o que é muito atraente para anunciantes. O faturamento em propaganda em sistemas regionais de buscas deverá crescer de 3,4 bilhões de dólares em 2005 para 13 bilhões de dólares em 2010, de acordo com o The Kelsey Group.

Estudo da comScore, divulgado em setembro do ano passado, descobriu que, durante o segundo trimestre de 2006, 47% das buscas nestes sistemas resultaram em uma visita física ao estabelecimento.

*Juan Carlos Perez é editor do IDG News Service, em Miami.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail