Home > Notícias

Macworld: Anúncio de emprego indica que iPhone usará plataforma Arm

Apple busca engenheiro para o time do iPhone com conhecimento de Mac OS e plataformas embarcadas, especialmente Arm

Por Robert McMillan para o IDG Now!*

12/01/2007 às 10h13

Foto:

Apple busca engenheiro para o time do iPhone com conhecimento de Mac OS e plataformas embarcadas, especialmente Arm

Qual processador será usado no iPhone? Esta é uma das boas perguntas ainda não respondidas pela Apple após o lançamento do celular com funções de iPod esta semana, durante a MacWorld Expo, em São Francisco, nos Estados Unidos. Entretanto, um anúncio de emprego no site da empresa pode ser a chave para o mistério.

A vaga se aplica a um engenheiro de rede para atuar no time do iPhone e deixa claro que a Apple busca alguém com conhecimento de Mac OS, de plataformas embarcadas e, especialmente, na arquitetura Arm de processamento.

Um chip Arm seria o componente ideal para um dispositivo como o iPhone. O Arm já é a aplicação dominante para smartphones. Estes chips são poderosos o suficiente para suportar as necessidades de processamento dos dispositivos, sem consumir muita energia - fator crítico para manter os smartphones ativos por mais tempo entre uma carga de bateria e outra.

Se o 'cérebro' do iPhone se basear na plataforma Arm, o sistema operacional Mac OS X terá um novo caminho pela frente.

Com a migração dos processadores IBM Power PC para a linha x86 da Intel promovida em todos os produtos da Apple, no início de 2006, a escolha do Arm para o iPhone representa uma terceira plataforma para adaptação do sistema operacional da Apple.

Por outro lado, ainda é possível que a Intel ou mesmo a IBM desenvolvam novos processadores para atender os requisitos do iPhone, poupando a Apple de portar o Mac OS para uma nova plataforma, observou Peter Glaskowsky, analista técnico do Envisioneering Group.

Na opinião de Glaskowsky, mesmo que a Apple esteja buscando um novo talento com experiência em Arm, isso não significa necessariamente que esta seja a plataforma escolhida para o iPhone. "Se você observar os smartphones mais modernos... é muito comum que eles tenham quatro processadores", ponderou.

*Robert McMillan é editor do IDG News Service, em São Francisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail