Home > Notícias

Prosoft liberou R$ 19,5 mi em 2006 e bateu recorde de recursos

Programa voltado a micro, pequenas e médias empresas de software liberou R$ 19,5 milhões no ano passado, maior volume desde sua criação

Por Redação da Computerworld

12/01/2007 às 17h32

Foto:

Programa voltado a micro, pequenas e médias empresas de software liberou R$ 19,5 milhões no ano passado, maior volume desde sua criação

Micro, pequenas e médias empresas brasileiras de software receberam, no ano passado, 19,5 milhões de reais em recursos liberados pelo Prosoft - Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços Correlatos.

Segundo informações da Softex, co-responsável pela gestão do Prosoft-Empresa, o volume de recursos foi o maior já registrado desde o início do programa, em 1997. No ano passado foram 15 planos de negócios submetidos à avaliação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

De acordo com Carlos Alberto Leitão, coordenador de planejamento e estudos da Softex, dos 15 planos de negócio submetidos à análise do banco no ano passado, seis estão em fase de avaliação e sete na de enquadramento.

Para 2007, a Softex aposta também em um cenário positivo, especialmente em virtude da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), que tem mantido trajetória de queda. Segundo Leitão, tal fato aliado à perspectiva de crescimento do mercado de TI e comunicações, encoraja os empresários a financiar seus investimentos.

A Softex é responsável por analisar e acompanhar os projetos das micro, pequenas e médias – com faturamento até 60 milhões de reais ao ano. No momento a organização está empenhada na ampliação das possibilidades de financiamento para as empresas do segmento.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail