Home > Notícias

Pragas que copiam dados digitados crescem 250% em 2006

Relatório da McAfee afirma que keyloggers tiveram alta assustadora, assim como o prejuízo de US$ 50 bi registrados com roubo de identidade nos EUA

Por Redação do Computerworld

16/01/2007 às 10h48

Foto:

Relatório da McAfee afirma que keyloggers tiveram alta assustadora, assim como o prejuízo de US$ 50 bi registrados com roubo de identidade nos EUA

O roubo de identidade é um dos problemas mais sérios quando o assunto é segurança da informação. Para analisar a ameaça, a McAfee, através do seu laboratório Avert Labs, divulgou um white paper estudando as variações da ameaça.

Dados do relatório dão conta que as pragas que roubam os dados digitados no teclado, chamados keyloggers, cresceram 250% entre janeiro de 2004 e maio de 2006.

Outro ponto importante, o estudo indica os prejuízos relacionados com o roubo de identidade. De acordo com a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos, a praga tem um custo anual para pessoas físicas e jurídicas de 50 bilhões de dólares anualmente no país.

Já no Reino Unido, o Ministério do Interior calcula os prejuízos deste crime em 3,2 bilhões de dólares nos últimos três anos.

O Centro Australiano de Pesquisas de Segurança Pública acredita num anual de 3 bilhões de dólares com a fraude.

Os interessados podem baixar o relatório completo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail