Home > Notícias

Governo e Abrafix querem dar acesso à internet por 7,50 reais

A meta do governo é ligar digitalmente todos os municípios do país, tornando acessível custo da web para a população de baixa renda

Por Redação da Computerworld

17/01/2007 às 13h59

Foto:

A meta do governo é ligar digitalmente todos os municípios do país, tornando acessível custo da web para a população de baixa renda

O governo federal está finalizando um acordo com a Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço de Telefone Fixo Comutado (Abrafix) para integrar a parte de conexão à internet ao programa Cidadão Conectado-Computador para Todos, o PC Conectado.

A informação foi dada nesta terça-feira (16/01) pelo assessor especial da Presidência da República, José Luís Maio de Aquino, um dos responsáveis pelo programa. A medida, segundo ele, visa facilitar o acesso da população de baixa renda à internet. O valor previsto para o acesso é de 7,50 reais. “Nós só estamos negociando com as operadoras se a quantidade de horas dentro desse valor vai ser dez ou 15 horas”, informou.

“Esse é um valor extremamente baixo. Representa uma economia de mais de 80%, comparando com o preço normal de acesso”. O preço sugerido se refere ao acesso na residência da pessoa por telefonia fixa. “Qualquer pessoa que tenha um telefone fixo vai poder ter acesso à internet”, disse.

De acordo com estatística da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) divulgada no ano passado, 64% das pessoas que adquiriram computadores no país, estavam comprando o equipamento pela primeira vez. “A gente pode dizer que  alguma coisa em torno de 600 mil novos computadores se destinaram para a população que nunca teve, a população de mais baixo poder aquisitivo”, disse.

Aquino reconhece, contudo, que para o total de pessoas que ainda não estão “incluídas  digitalmente” no país, esse número ainda é reduzido.

O Programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), do governo federal, que busca promover a  inclusão digital no Brasil, pretende dobrar até o final deste ano os atuais 3,5 mil pontos de presença instalados em telecentros, onde as pessoas têm acesso gratuito à internet. A meta do governo é ligar digitalmente todos os 5.564 municípios do país.

*Com informações da Agência Brasil

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail