Home > Notícias

Conheça os planos traçados pela Apple para o ano de 2007

Empresa lança o Leopard, novo sistema operacional, no segundo trimestre deste ano

Por Ryan Faas, do Computerworld/EUA

17/01/2007 às 11h19

Foto:

Empresa lança o Leopard, novo sistema operacional, no segundo trimestre deste ano

Está claro que 2006 foi um período excelente para a Apple. A linha Mac foi convertida para os processadores Intel, Boot Camp e Parallels Desktop ofereceram aos proprietários de um Intel Mac a capacidade de rodar Windows em suas máquinas e as vendas do iPod continuaram em alta.

Juntamente com um ano de sucesso em todas essas frentes, a Apple atormentou os usuários com uma prévia da próxima geração do Mac OS X 10.5 – também chamado de Leopard – e o set-top box para fotos, músicas e vídeo para a TV. Por tudo isso e também por começar o ano com o lançamento de dois importantes produtos – o Apple TV e o iPhone –, 2007 promete aos fãs da companhia ser tão excitante quanto 2006, ou até mesmo melhor.

Leopard

A maior e mais convincente atração para a maioria dos usuários Mac será o lançamento do Leopard, prometido para o segundo trimestre deste ano. A colocação de itens no sistema operacional, ou pelo menos algumas facetas disso, pode muito bem constituir o maior avanço de qualquer lançamento do OS X.

A expectativa é de que o Leopard ofereça novas capacidades surpreendentes (particularmente em animação e imagem) e que tenha design para tornar o Mac mais simples e mais produtivo para a maioria dos usuários.

As novas características incluem Time Machine para backups e recuperação de arquivos; melhoria da ferramenta de pesquisa Spotlight; uma versão avançada do Front Row que roda em todo Mac; software de desktop virtual, Spaces; uma verdadeira versão de colaboração do iCal, e uma nova versão do iChat cheia de características divertidas.

Esses são somente alguns detalhes que se conhece, e não há dúvidas de que quando o Leopard for lançado ou demonstrado, o CEO da Apple, Steve Jobs, terá mais um show a fazer.

Servidor Leopard

Igualmente grande foi a notícia de que a versão servidor do Leonard deve ser lançada junto com o sistema operacional. Com o servidor, a Apple vai implementar algumas novas e atualizadas tecnologias.

Avanços no Open Directory darão aos administradores de sistemas mais facilidade e flexibilidade no gerenciamento do cliente; o servidor iCal permitirá aos usuários de qualquer aplicativo de calendário compartilhar informações; o servidor wiki, o blog e os componentes do mailing de usuários e a facilidade de organizar formulários de colaboração; o Time Machine vai oferecer um backup mais simples de servidores e estações de trabalho, assim como um firewall dinâmico poderia oferecer melhor segurança, e aplicações de 32-bit e 64-bit serão capazes de rodar paralelamente.

Todas essas características estão disponíveis por um valor único de licenças de servidor, o que é uma medida inteligente por parte da Apple. Mas o Leopard alcança uma audiência além da tradicional dos profissionais de TI. A Apple está mirando a captura de algumas das pequenas empresas, incluindo na oferta uma nova aplicação que permite o gerenciamento de pequenos grupos de trabalho.

Mídia digital

Espera-se que a Apple continue a impulsionar sua liderança no mercado de entretenimento digital. Ao contrário de alguns conflitos legais sobre vendas de músicas digitais, a combinação do iPod e do iTunes permanece numa classe própria. O iZune, da Microsoft, provavelmente não sumirá em breve, mas também não vai substituir o iPod. Além disso, o
iPhone e o Apple TV, lançados na semana passada, são provas de que a Apple planeja reforçar sua estratégia de mídia digital. A empresa planeja oferecer acesso não somente para download de músicas, mas também para qualquer outra funcionalidade de vídeo no computador, assim como fotos digitais.

Atualização de aplicações profissionais

As aplicações profissionais da Apple também vão experimentar mais atualizações em 2007. Em particular, avanços na correção de cores e no controle de características para que no futuro se construa a versão final do Cut Studio. E também poderão ser vistas tecnologias provenientes de recentes aquisições, filtradas e combinadas a outras aplicações profissionais.

“Só mais uma coisa”

Como sempre, a Apple tem ao menos um produto surpresa ou anúncio que ninguém está esperando. Independente de o que será, o produto provavelmente vai ajudar a companhia a tornar o ano de 2007 ao menos interessante.

*Ryan Faas é editor do Computerworld, em Framingham.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail