Home > Notícias

Brasileiros desenvolvem plataforma de robótica para educação

Projeto da Cientistas Associados prevê criação de plataforma de programação flexível para uso de cientistas e escolas

Por Redação do IDG Now!

30/01/2007 às 15h20

Foto:

Projeto da Cientistas Associados prevê criação de plataforma de programação flexível para uso de cientistas e escolas

A empresa Cientistas Associados, incubada na Fundação Parque de Alta Tecnologia de São Carlos (ParqTec), vai entrar na terceira fase de seu projeto de robótica, que prevê o desenvolvimento de uma plataforma aberta para que usuários criem novas aplicações para robôs móveis.

Assim, o software permitirá a programação de robôs com câmeras acopladas e braço mecânico, por exemplo, e poderá ser utilizado através da internet. A idéia é criar uma plataforma flexível, que possa ser usada tanto por pesquisadores e entusiastas, com conhecimento técnico, quanto em escolas de ensino fundamental e médio, segundo a empresa.

A possibilidade de programar o robô via web é especialmente importante para os cursos de EAD (educação a distância) ou instituições que não tenham seu próprio laboratório de robótica.

Os robôs móveis serão fabricados e vendidos pela unidade de negócios Xbot (Extreme Robot), que também oferecerá assistência técnica.

O projeto conta com o apoio do Programa de Inovação Tecnológica em Pequena Empresa (Pipe) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

*Com informações da Agência CT.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail