Home > Notícias

Gates: “Windows Vista inaugura uma nova era de PCs multimídia”

Fundador da Microsoft diz que Windows Vista fará pelo entretenimento o que o Windows 95 fez pela internet

Por Elizabeth Montalbano, para o IDG Now!*

30/01/2007 às 11h11

Foto:

Fundador da Microsoft diz que Windows Vista fará pelo entretenimento o que o Windows 95 fez pela internet

Da mesma forma que o Windows 95 abriu as portas para a era da Internet, o Windows Vista, lançado aos consumidores à 0h desta terça-feira (30/01), dá o pontapé inicial para que o PC se torne o centro multimídia do futuro, disse o presidente do conselho e fundador da Microsoft Bill Gates, na segunda-feira, em Nova York.

Lançado há 12 anos, o Windows 95 foi a primeira versão do sistema operacional a trazer o Internet Explorer, uma ferramenta “obscura” à época, Gates disse, durante o evento de lançamento do Vista e do Office 2007.

E as coisas que as pessoas estão fazendo hoje com o PC – como salvar e editar fotos, gravar e assistir vídeos digitais, entre outras atividades multimídia – era apenas um “lampejo nos nossos olhos” quando o Windows 95 foi lançado, disse ele.

Isso muda com o Vista, que tornará todas essas funções padrão e transformará o computador em mídia center, disse Gates. “O Windows 95 foi fundamental para sua época e o Windows Vista é fundamental para a era que vivemos hoje”, afirmou.

Comparar o Vista ao Windows 95 é um movimento calculado da Microsoft, que espera que o lançamento seja tão divisor de águas quanto o anterior.

Em seus comentários no evento de segunda, o chief executive officer (CEO) Steve Ballmer também comparou o Vista ao Windows 95. Neste mesmo dia, ele previu que a Microsoft vai vender cinco vezes mais cópias do Vista do que vendeu na estréia do Windows 95.

“Em 1995, o PC era solitário – as pessoas não tinham telefones celulares ou câmeras digitais”, disse Ballmer. “Aqui estamos, 12 anos depois, e há muitos produtos tecnológicos. O produto que reúne todos eles – o hardware, o suporte às fotos, a conectividade, conexões a sites – é o PC rodando Windows, e parcialmente o Windows Vista, que capacita a próxima geração”.

Provavelmente por saberem que muito do que poderia ser dito sobre o Vista foi falado tanto pela companhia quanto pela imprensa nos anos anteriores ao esperado lançamento, Gates e Ballmer fizeram discursos curtos na segunda-feira (30/01).

Os dois apareceram rapidamente no palco para agradecer alguns parceiros importantes, como Intel e Hewlett-Packard (HP), e para presentear os executivos com as primeiras cópias do software.Houve uma demonstração do Vista, e para apertar oficialmente o botão “iniciar” do sistema, Gates e Ballmer trouxeram ao palco uma família que participou do programa testes do software, que permitiu a pessoas “comuns” avaliar o produto em suas casas.

Mas o evento foi fraco em conteúdo corporativo e exagerado em espetáculo. E o Office 2007, lançado junto com o Vista na terça-feira, mal foi mencionado, já que o entretenimento foi mais foco que software no evento.

A banda de rock Angels & Airwaves abriu o espetáculo, voltando ao palco após breves comentários dos executivos. Na platéia, estavam jornalistas, funcionários da Microsoft e participantes dos testes beta.

Talvez a Microsoft tenha focado no entretenimento porque muitos dos que participaram do lançamento esperaram por muito tempo em temperaturas congelantes para entrar no evento. Uma hora e meia antes do horário previsto para o início do lançamento, a fila para a entrada se estendia por mais de um quarteirão na Broadway, no centro de Manhattan, Nova York.

*Elizabeth Montalbano é editora do IDG News Service, em Nova York.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail