Home > Notícias

Enquanto aguarda regulamentação, Brasil Telecom faz piloto de IPTV

Operadora considera convergência como tendência internacional e espera que País adapte sua legislação sobre o assunto

Por Taís Fuoco, do Computerworld

31/01/2007 às 18h09

Foto:

Operadora considera convergência como tendência internacional e espera que País adapte sua legislação sobre o assunto

Brasil Telecom mantém, desde o final do ano passado, um projeto piloto em fase pré-comercial de IPTV, serviço de distribuição de programação televisiva pela internet rápida, a um grupo de 300 usuários selecionados entre sua base de clientes de Brasília.

Enquanto outras concessionárias avançam na tentativa de ingressar no segmento de TV por assinatura, a companhia, entretanto, prefere aguardar as mudanças nas regras.

O piloto de IPTV envolve a distribuição, sob demanda, como em uma espécie de locadora virtual, de filmes, cartoons, shows e jogos para a base de clientes de banda larga. Essa oferta pontual está dentro do que hoje é permitido às concessionárias de telefonia.

Segundo Ricardo Knoepfelmacher, presidente da Brasil Telecom que hoje participou de teleconferência com analistas, "o piloto é um sucesso" e a companhia vai preferir "acompanhar com interesse e cuidado" o assunto antes de estender a oferta.

A estratégia difere da tomada pela Telefônica, por exemplo, que no final do ano passado acertou uma parceria comercial com a Astralsat, de TV paga via satélite, e ainda tenta comprar o controle da TVA, do grupo Abril.

A Telemar também pretende ingressar no setor e espera a aprovação da Anatel para assumir o controle da Way Brasil, de cabos.

De acordo com Ricardo K, como o executivo é conhecido, "a convergência é uma tendência internacional" e o Brasil vai ter de adaptar sua legislação. Segundo ele, no país "existem aberrações como a Lei do Cabo", mas os reguladores "terão de revisitar o assunto".

A Brasil Telecom fechou o ano com 1,31 milhão de usuários de banda larga e sua rede lhe permite, hoje, oferecer IPTV para metade desse contingente. Ainda não há um prazo, entretanto, para que a oferta comercial comece em toda a área de cobertura.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail