Home > Notícias

Saiba quais são os 10 cuidados fundamentais em um projeto de VoIP

Antes de começar um negócio de voz sobre IP (Internet Protocol) é importante aprender, entender e revisar algumas lições

Por Tim Greene e Phil Hochmuth, para o Computerworld*

31/01/2007 às 14h29

Foto:

Antes de começar um negócio de voz sobre IP (Internet Protocol) é importante aprender, entender e revisar algumas lições

:: Confira como montar uma rede VoIP em pequenas empresas na edição de fevereiro da PC WORLD

Qualquer pessoa que trabalhe com um projeto de VoIP deve analisar outras experiências – principalmente as mal sucedidas – para evitar erros e juntar dicas que podem auxiliar em um desenvolvimento sem percalços e surpresas desagradáveis.

Para dividir este conhecimento, reunimos aqui 10 sugestões que devem ser seguidas em implementações de projetos de VoIP para tornar os imprevistos da iniciativa um pouco menores e menos traumáticos.

1. Planeje o tempo

Mesmo em casos simples de desenvolvimento, algumas etapas não acontecem conforme planejado. “Então construa um registro ao longo do tempo”, diz Lauren Johansson, gerente de telefonia IP da MedQuist, uma empresa de saúde do estado de Nova York (EUA).

2. Envolva todo o grupo

Certifique-se que os líderes das unidades de negócios estão no time de projeto de VoIP. Participando das atividades, eles conhecerão os detalhes e poderão se comunicar e repassar os dados aos funcionários. “Isto reduz tempo, dificuldades e o prazo de treinamento dos usuários”, afirma Randy Hillman, gerente de cuidados com os clientes da Sovran Self Storage, que inspecionou o projeto de desenvolvimento VoIP da Shoretel.

3. Conheça o que você adquiriu

Juntamente com o tráfego, é preciso descobrir exatamente quais hardwares são mais importantes para a infra-estrutura de rede e se eles vão suportar a tecnologia e melhorar a qualidade da voz. Roteadores e switches podem suportar redes virtuais LAN e performance de tráfego com banda suficiente para prevenir degradações de conexões VoIP. “Se você não tem um diagrama de rede apurado, não pode fazer um projeto como esse”, garante Johansson.

Também tenha certeza de que todo o desenvolvimento do desktop passará pelo teste de PAS (do inglês, de potência e switching). Certifique-se que os aparelhos de telefone podem ter a capacidade aumentada por meio do padrão Power over Ethernet (PoE). Garanta ainda que os telefones IP desenvolvidos sejam construídos com interface para a switch LAN.

Isto vai permitir para um único cabo LAN suportar um desktop  e o telefone IP (o PC se conecta à interface LAN em um switch que é ligado à LAN). Se os usuários pedirem Gigabit Ethernet, confira se o telefone tem capacidade de transferência de 1000Mbps.

4. Controle a banda larga

Se a auditoria revelar que a banda larga pode ser um problema, pode ser uma oportunidade paraconsiderar uma modernização. Até mesmo se uma atualização parecer além da necessidade agora, isto fará sentido para o projeto quando, depois de três anos, aumentar o tráfego de rede de todas as aplicações e você perceber que a ampliação da banda é inviável.

A largura de banda da rede LAN tornou-se suficiente quando o Sovran Self Storage decidiu instalar utensílios em 330 sites, mas o ATM precisou impulsionar a largura de banda, sugere Randy Hillman, o gerente de cuidados com os clientes de uma companhia norte-americada que vivenciou um projeto de VoIP recentemente. Acaba virando uma combinação entre o DSL e uma rede de cabo de modem atraída por um serviço de MPLS coordenado pela Verizon. “Isso não permite dar prioridade a voz”, diz.

5. Use a configuração correta

Para minimizar a largura de banda que o VoIP exige, os clientes podem escolher entre a variedade de codificações que o tráfego de voz consome e também usar códigos para transmitir sobre a rede com fio. Esse cenário pode ser menor do que 8Kbps ou tanto quanto 64Kbps, mas é preciso atentar a uma variedade de opções que podem determinar quais produzem qualidade aceitável. Aqueles que são aceitáveis e usam a menor largura de banda são os ideais, especialmente se a largura de banda é justa.

Hillman diz que considera usar uma menor configuração de largura de banda, mas somente com poucas extensões de telefone para cada site, em que largura de banda não é o principal. Se ela se tornar fundamental, entretanto, o executivo planeja avaliar opções e escolher uma que entregue qualidade suficiente.

6. Emergência!

O VoIP não permite que você chame a polícia ou os bombeiros porque os servidores de voz não têm idéia de onde o telefone está, somente por endereço IP, e o número discado é o mesmo para qualquer cidade de um mesmo país.

O telefone pode estar em qualquer lugar no segmento da rede e a localidade pode mudar se o usuário mudar o telefone para uma rede diferente. Uma emergência pessoal pode ser enviada para um lugar errado. “Eu realmente sugiro que as pessoas usem esses números em uma rede analógica, se puderem”, diz. “Eu não os quero ligando para o 911 [número norte-americano para emergências] de uma cidade e cair em outra distante. Para nós isso envolve muita responsabilidade”, finaliza.

7. Realize treinamentos simples

Treinamentos em massa envolvem um grande número de usuários que devem se tornar aptos a usar novos telefones. Em caso de trabalhadores remotos – teletrabalhadores – eles podem ser esperados para instalar as engrenagens também, e isto pode soar um pouco chocante para as pessoas que trabalham em um escritório onde os telefones e computadores já estão disponíveis.

“Nos treinamento, usamos até mesmo imagens com instruções como: ‘aqui está o seu conector de rede. Esta é a parte de trás do telefone. Encaixe o fio da cor amarela na tomada’”, detalha. “Não poderíamos ter feito este projeto sem uma boa documentação”.

Também espalhe telefones IP em áreas públicas da empresa – como em salas de reuniões, refeitórios e outros – antes do treinamento formal. Além disso, também coloque centenas de aparelhos nos desktops dos usuários. Especialistas em TI e telecom dizem que isto começa a dar uma luz aos funcionários sobre a nova tecnologia e permite que a curiosidade desperte o interesse em utilizar a tecnologia e também a torná-la familiarizada à novidade.

8. Gateways para economizar

Ao invés de cobrir a corporação com telefones IP – que podem custar entre 200 dólares e 900 dólares – considere a utilização de handsets analógicos de baixo custo com gateways analógicos para IP, conectando ao tráfego de rede VoIP. Até mesmo porque você vai precisar de gateways analógicos de qualquer forma para rodar nas máquinas de fax que não funcionam adequadamente em links IP.

Se simples telefones analógicos podem atender a certas áreas – como os corredores – podem ser um meio de fazer economias. Esta é uma prática comum em colégios e universidades com centenas de telefones, assim como em hospitais, nos quartos e salas de exame. “Mas somente alguns dos nossos prédios têm switches que são totalmente redundantes”, afirma o diretor de telecomunicações da Universidade do Texas, Elwyn Hull.

9. O softphone

O uso do software softphone para a telefonia via desktop é considerado uma alternativa para alguns tipos de funcionários. Usuários que regularmente trabalham de diferentes localidades – como teletrabalhadores – são bons candidatos.

“Você só pode ir para qualquer lugar com o softphone e ter sua extensão por perto”, afirma o Kurt Paige, administrador de rede para o American National Bank of Texas, que estima que entre 25% e 30% dos funcionários do banco terão softphones da Cisco instalados nos seus notebooks nos próximos anos. “Isso permitirá aos funcionários ter uma opção para trabalhar no escritório ou em casa”, planeja.

Também é uma proposição mais barata para suportar funcionários remotos. O custo do software softphone IP da Cisco é de cerca de 100 dólares ou menos quando comprado em grandes quantidades. Handsets IP com características similares como o softphone tipicamente custam entre 300 dólares e 400 dólares.

10. Controle remoto

Descubra como é a forma de gerenciamento de aplicações remotas para o seu PABX IP. Você pode rodar no seu equipamento as mesmas ferramentas de monitoramento remoto, reiniciar o computador e configurar seu e-mail regular, arquivos e impressoras? Os PABX IP podem rodar em plataformas Windows, Linux embutido e Unix e cada tipo de servidor suporta diferentes acessos e controles de aplicações.

A Cisco, por exemplo, recomenda a Virtual Network Computing (VNC) como seu controle de acesso remoto e ferramenta de gerenciamento para ligações no PABX IP. Mas, em entrevista exclusiva, um usuário de VoIP da Cisco que não quer se identificar afirma que o VNC no CallManager foi um problema, já que era contra a política da empresa rodar VNC na rede corporativa.

*Tim Greene e Phil Hochmuth são repórteres do Networkworld, em Framingham.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail