Home > Notícias

IBM aponta cinco inovações tecnológicas para os próximos cinco anos

Tradução de línguas em tempo real, monitoramento médico via internet e nanotecnologia para purificar a água estão na lista

Por Redação do IDG Now!

01/02/2007 às 18h35

Foto:

Tradução de línguas em tempo real, monitoramento médico via internet e nanotecnologia para purificar a água estão na lista

Tradução de línguas em tempo real, monitoramento médico via Internet móvel e nanotecnologia para purificar a água. Estas são algumas das inovações que o IBM Labs acredita que virão nos próximos cinco anos. Mas, infelizmente, nada de mochilas a jato, disse George Pohle, da IBM.

“Essas não são só idéias deslumbradas, mas sim inovações práticas em que trabalhamos hoje”, disse Pohle, da divisão de Global Business Services da IBM, durante uma apresentação que chamou de “As próximas cinco em cinco”, na quarta-feira (01/02), no laboratório da empresa em San Jose, Califórnia.

Pohle demonstrou o programa de tradução em tempo real que está em testes com as forças de ocupação dos Estados Unidos no Iraque, traduzindo do inglês para o árabe. Ele disse a frase em um microfone e um laptop mostrou a frase em inglês e em seguida traduziu para o árabe. Mas o software ainda tem falhas, ele admitiu, e não foi possível ouvir o áudio em árabe.

A tradução em tempo real também tem aplicações empresariais, segundo Pohle, facilitando a colaboração em empresas globais.

Outra inovação torna possível aos médicos monitorar do consultório um paciente em casa via sensores que transmitem os dados do paciente via internet. “No futuro, vemos a volta do atendimento doméstico”, diz Pohle.

Pesquisas em nanotecnologia podem resultar no desenvolvimento de um tecido com nanopartículas de carbono por meio do qual a água potável poderia ser imediatamente filtrada para torná-la bebível instantaneamente. Para cada litro de água no planeta, apenas uma gota pode ser bebida sem filtrar, ele lembrou.

Nos próximos cinco anos, devemos ver ainda o desenvolvimento da internet tridimensional (3D), ele continuou, pela qual será possível fazer um tour online na Cidade Proibida, na China, por exemplo. Esta também é outra tecnologia com aplicações na colaboração empresarial, ele ressaltou, ou ainda na elaboração de lojas 3D para o consumidor online.

Por fim, a IBM vê o potencial da “presença tecnológica” avançada, que já torna possível que um celular com GPS notifique o usuário sobre uma loja de seu interesse conforme ele passa por ela. Pohle disse que em breve será possível apontar um telefone com câmera para uma pintura em museu e receber informações sobre o quadro, o ano de produção e o autor, por exemplo.

Embora alguns dos conceitos não sejam inteiramente novos, a demonstração nos laboratórios da IBM não é apenas especulação, mas sim desenvolvimento de produtos viáveis, disse Carl Claunch, diretor de pesquisa do Gartner Research. “Muito dessas pesquisas é filtrado por disponibilidade comercial”, disse Claunch.

Segundo ele, as pesquisas conceituais ficam mais a cargo de universidades, enquanto empresas como IBM e HP investem em pesquisas aplicadas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail