Home > Notícias

MS lança ferramenta de scripting para automatizar funções do Vista

PowerShell 1.0 usa novo sistema de comandos com "cmdlets" para facilitar gerenciamento de funções padrão dentro do novo sistema

Por John Fontana, para o IDG Now!*

01/02/2007 às 18h25

Foto:

PowerShell 1.0 usa novo sistema de comandos com "cmdlets" para facilitar gerenciamento de funções padrão dentro do novo sistema

A Microsoft divulgou nesta quinta-feira (31/01) uma esperada ferramenta de scripting para Windows Vista desenvolvida para ajudar administradores a lidar mais facilmente e automatizar funções padrão de gerenciamento do sistema.

O PowerShell 1.0, antigamente conhecida sob o codinome de Monad, é uma linguagem de scripting baseado em linhas de comandos voltada para TI.

O software emprega ferramentas baseadas em linha de comandos chamadas "cmdlets" para realizar tarefas comuns de administração de sistema, como serviços de gerenciamento, processos, certificados, registros do Windows e uso do Windows Management Instrumentation (WMI).

O PowerShell é suportado pelas versões Vista e XP para usuários finais e Server 2003 e a futura Longhorn do Windows para servidores.

Além disto, a novidade é suportada pelos servidores de infra-estrutura e plataformas de gerenciamento Exchange Server 2007, System Center Operations Manager 2007, System Center Data Protection Manager V2 e System Center Virtual Machine Manager.

"Acho que uma das questões é quão controlável um sistema operacional pode ser, e, enquanto a Microsoft sempre tentou oferecer diversas ferramentas gráficas, ainda há muitas funções repetitivas onde você não quer usar a interface gráfica", afirma Michael Cherry, analista da consultoria Directions, sobre a Microsoft.

"De certa maneira, esta obrigação consome seu tempo. Por anos, a Microsoft tem sentido a falta de bons processos de scripting no Windows, mas o PowerShell é uma tentativa de equiparar o método de scripting com a interface gráfica para o usuário".

Com o PowerShell, a Microsoft inclui 129 cmdlets, que contam com ferramentas para filtrar, misturar e formatar dados e objetos. O software inclui funções para navegação no sistema, como no registro, como se fosse um arquivo de sistema.

O PowerShell também inclui utilitários para gerenciar dados do Windows em diferentes linguagens e formatos, incluindo Active Directory, WMI, Component Object Model objects, Active X Data Objects, HTML e XML.

O PowerShell 1.0 para WIndows Vista está disponível por download gratuito e funciona tanto em versões de 32-bits como em de 64-bits do sistema operacional, que precisa apenas ter o .NET Framework 2.0 instalado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail