Home > Notícias

Executivo que ajudou a desenvolver o Zune deixará a Microsoft

Bryan Lee, vice-presidente corporativo da repartição de entretenimento, sairá “para buscar interesses pessoais”

Por Redação do IDG Now!

01/02/2007 às 18h29

Foto:

Bryan Lee, vice-presidente corporativo da repartição de entretenimento, sairá “para buscar interesses pessoais”

Um executivo da Microsoft que ajudou a desenvolver o Zune, novo aparelho de música digital da empresa, e outros produtos está deixando a companhia, anunciou a Microsoft na quarta-feira (31/01).

Bryan Lee, vice-presidente corporativo da repartição de entretenimento da companhia, “decidiu se aposentar da Microsoft para buscar interesses pessoais”, disse a empresa em uma declaração preparada.

Lee respondia a Robbie Bach, presidente da Divisão de Aparelhos e Entretenimento da Microsoft, que o contratou em 2000. Bach disse que durante o exercício do cargo, Lee trabalho no desenvolvimento e extensão do sistema do videogame Xbox, o sistema operacional do Windows XP Media Center e as iniciativas de TV por internet da companhia.

“Quero estender meus agradecimentos a Bryan em nome da companhia e em meu próprio nome, por todas as suas contribuições à Microsoft”, disse Bach.

O aparelho de música digital Zune, lançado em novembro de 2006, é o desafio da Microsoft ao líder do mercado de players de MP3, o iPod, da Apple. Usuários do Zune podem fazer download de músicas e vídeos do site Zune.com no aparelho de 30 GB. Ao contrário do iPod, o Zune tem conexão Wi-Fi.

Lee continuará na Microsoft por mais algumas semanas para auxiliar na transição, disse a empresa. J. Allard, vice-presidente corporativo de design e desenvolvimento, ficará com a responsabilidade total sobre o Zune. Joe Belfiore e Enrique Rodriguez, ambos vice-presidentes corporativos que respondiam a Lee, agora responderão a Bach.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail