Home > Notícias

Apple e Cisco ampliam prazo de negociação sobre a marca iPhone

Desfecho da disputa legal pelo nome será adiado para que as empresas tentem acordos de marca registrada e interoperabilidade

Por Stephen Lawson, para o IDG Now!

02/02/2007 às 11h19

Foto:

Desfecho da disputa legal pelo nome será adiado para que as empresas tentem acordos de marca registrada e interoperabilidade

A Apple e a Cisco Systems ampliaram o prazo para decidir a disputa legal pelo nome iPhone, para que possam continuar a trabalhar em um acordo.

A Cisco processou a Apple no último mês, na Corte do Distrito Norte da Califórnia pelo uso do nome iPhone, que a Cisco utiliza em seus próprios produtos.

As empresas agora concordaram em dar à Apple mais tempo para responder à ação da Cisco, para que as duas partes possam negociar o uso da marca e a interoperabilidade, disseram as companhias em um anúncio conjunto nesta quinta-feira (01/02).

A Linksys, divisão de consumo da Cisco, vende telefones de voz sobre IP (VoIP) com o nome iPhone, que a empresa alegar ter adquirido ao comprar a Infogear, em 2000.

Com grande alarde, a Apple apresentou seu próprio iPhone no último mês, durante o Macworld. Na ocasião, a Cisco disse que as empresas vinham negociando os termos de uso da marca, mas ainda não tinham chegado a um acordo.

Segundo notícias publicadas posteriormente, a Cisco estaria disposta a licenciar o nome iPhone em troca de interoperabilidade do híbrido de telefone e iPod da Apple com produtos Cisco.

Líder na venda de access points Wi-Fi para o mercado doméstico, a Linksys vem expandindo sua linha de produtos para voz e entretenimento. O iPhone da Apple é equipado com recursos de Wi-Fi e inclui software de áudio, foto e vídeo.

A Apple e a Cisco não estavam disponíveis de imediato para comentar o assunto.

*Stephen Lawson é editor do IDG News Service, em São Francisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail