Home > Notícias

MS oferece tradutor que converte arquivos Word para fomato aberto ODF

O Open XML Translator já está disponível para download na versão 1.0, na SourceForge.net e no site da Microsoft

Por Elizabeth Montalbano, para o IDG Now!*

02/02/2007 às 11h36

Foto:

O Open XML Translator já está disponível para download na versão 1.0, na SourceForge.net e no site da Microsoft

Empresas de diferentes locais do globo concluíram a primeira fase deu um projeto da Microsoft para criar um software que converte documentos Microsoft Word no formato Open XML para o Open Document Format for Office Applications (ODF), formato aberto adotado por empresas como IBM e Sun em seus produtos.

O Open XML Translator já está disponível para download na versão 1.0, na SourceForge.net, site que funciona como repositório online para projetos de código aberto.O software também pode ser achado no site da Microsoft.

A Microsoft iniciou o projeto do tradutor, mas não contribuiu com nenhum código, disse Jason Matusow, diretor sênior de propriedade intelectual e interoperabilidade da Microsoft. A empresa contribui com orientações sobre arquitetura e gerenciamento do projeto, disse ele.

Uma companhia francesa chamada CleverAge contribui com o código e fez grande parte do Open XML Translator, enquanto a Aztecsoft, da Índia, e a Dialogika, da Alemanha, ficaram responsáveis pelos testes e garantia de qualidade.

O Open XML Translator permite converter documentos Microsoft Word baseados em Open XML para o formato ODF e vice-versa, disse Matusow. Ele funciona como um plug-in para a Microsoft Office 2007, cujos documentos são baseados no Open XML. Os desenvolvedores também podem inseri-lo nos softwares que estão criando.

O Open XML Translator para documentos Word é a primeira fase do projeto. O time está trabalhando atualmente em um conversor para planilhas feitas no Microsoft Excel 2007 e apresentações no Microsoft PowerPoint 2007, disse Matusow.

O esforço tem a ver com o fato de a Microsoft não prover nenhum suporte nativo no Microsoft Office 2007 para o ODF, embora suporte 30 outros formatos de arquivos e utilize o Open XML como formato padrão.

Matusow defende a decisão dizendo que a Microsoft tenta atender o desejo dos seus clientes e não havia demanda dos usuários pelo formato ODF – suportado por rivais como IBM e Sun Microsystems – quando o desenvolvimento do Office 2007 começou. Tanto a IBM quanto a Sun usam o ODF como formato padrão no seu pacote de aplicativos que concorre com o Microsoft Office.

“Um padrão é uma pilha de papel – a adoção de mercado é o motivador final da atividade”, defendeu Matusow. “O que é construído e usado é o elemento definidor. É por isso que vemos a discussão do cliente como tão importante”.

No entanto, clientes governamentais que podem ser obrigados a utilizar apenas tecnologias padrão de mercado em suas infra-estruturas pediram à Microsoft um tradutor entre o Open XML e o ODF, que foi aprovado recentemente como um padrão global – o Open XML ainda aguarda aprovação.

Matusow disse que a razão pela qual a Microsoft permitiu que terceiros cuidassem do tradutor é que os clientes de governo pediram que a empresa desenvolvesse uma forma gratuita e aberta para que fosse possível transitar entre o ODF e o Open XML – uma que não fosse supervisionada apenas pela Microsoft, mas fosse mais um esforço de comunidades.

Para seu crédito, a Microsoft tentou incluir suporte nativo a um formato de outra companhia – o PDF, da Adobe Systems – mas a Adobe barrou a idéia. Recentemente, a Adobe submeteu o PDF para avaliação para que ele se torne um padrão global. Matusow disse que a Microsoft continua “aberta a conversar” sobre o suporte nativo ao formato nas futuras versões do Office.

*Elizabeth Montalbano é editora do IDG News Service, em Nova York.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail