Home > Notícias

Apple e Beatles fazem acordo e encerram disputa judicial por logo da maçã

Empresas não revelam os termos financeiros do acordo, mas encerram disputa legal pelo nome Apple e pelo logo da maçã

Por Redação do IDG Now!

05/02/2007 às 13h50

Foto:

Empresas não revelam os termos financeiros do acordo, mas encerram disputa legal pelo nome Apple e pelo logo da maçã

A Apple Inc., de Steve Jobs, e a Apple Corps Ltd., companhia dos Beatles, anunciaram nesta segunda-feira (05/02) que chegaram a  um novo acordo quanto ao uso do nome Apple e dos logos da maçã, que substitui o acordo firmado pelas empresas em 1991.
 
Pelo novo acordo, a Apple Inc. terá direito a todas as marcas registradas relacionadas ao nome "Apple" e vai licenciar algumas destas marcas para a Apple Corps para uso contínuo.
 
Além disso, o processo legal em andamento que envolve as companhias será encerrado, com cada uma das partes arcando com seus custos legais, e a Apple Inc. vai continuar a usar seu nome e logo no iTunes. Os termos do acordo são confidenciais.
 
Comentando o acordo, Steve Jobs, chief executive officer (CEO) da Apple, disse: “Nós amamos os Beatles, e tem sido doloroso brigar com eles por marcas registradas. É ótimo resolver isso de uma forma positiva, e de uma forma que remove o potencial de futuros desentendimentos”.
 
O gerente da Apple Corps, Neil Aspinall, afirmou: “Desejamos à Apple todo sucesso e esperamos muitos anos de cooperação pacífica com eles".

Em 1991, depois de 100 dias de disputa na Justiça, a as empresas chegaram a um acordo que determinava que a Apple Corps tinha direito à marca para a venda de música, enquanto a Apple Inc. poderia usá-la em computadores e softwares.

Os problemas começaram em 2003, quando a Apple começou a fechar acordos com gravadoras para sua nova loja de músicas iTunes. A Apple Corps foi convidada a colocar as músicas do Beatles no service, mas não só se recusou a oferecer as faixas para download como também entrou com uma ação contra a rival homônima por quebra de contrato, já que a empresa de Jobs entrou no segmento de música.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail