Home > Notícias

Jogar videogame pode melhorar a visão, diz estudo dos EUA

Pessoas que jogam algumas horas por dia ao longo do mês podem melhor certas aspectos da visão em cerca de 20%, dizem pesquisadores

Por James Niccolai, para o IDG Now!

07/02/2007 às 16h42

Foto:

Pessoas que jogam algumas horas por dia ao longo do mês podem melhor certas aspectos da visão em cerca de 20%, dizem pesquisadores

Jogar videogame durante algumas horas por dia pode melhorar a visão, segundo uma pesquisa realizada nos Estados Unidos. A conclusão, no entanto, já foi questionada por especialistas do Reino Unido. Os pesquisadores da Universidade de Rochester, em Nova York, concluíram que pessoas que jogam videogame algumas horas por dia ao longo do mês podem melhor certas aspectos da visão em cerca de 20%.

O hábito de jogar muda os caminhos no cérebro responsáveis pelo processamento visual, pois o cérebro se adapta à pressão sobre o sistema visual imposta pelos jogos eletrônicos, disseram os pesquisadores. Os cientistas encontraram um grupo de estudantes que jogavam pouco videogame - o que por si ó foi um desafio - e deram a eles um teste para medir a capacidade de discernir a orientação da letra T em meio a uma série de outros símbolos.

Os estudantes foram divididos então em dois grupos. Um deles foi orientado a jogar o jogo de tiros "Unreal Tournament" durante uma hora todos os dias do mês, enquanto um grupo de controle jogou "Tetris", um jogo visualmente menos complexo.

Depois de cerca de um mês, os estudantes que jogaram o jogo de ação podiam identificar a orientação da letra T mais facilmente, enquanto os jogadores do Tetris não mostraram melhora, disseram os pesquisadores.

O teste do T mede a precisão e a clareza da visão das pessoas, segundo os pesquisadores Daphne Bavelier, professora de ciências cerebrais e cognitivas, e o aluno de graduação Shawn Green. Isso significa que jogar videogame melhora a capacidade de identificar letras em um exame de visão, eles disseram.

Uma especialista em oftalmologia do Reino Unido, no entanto, discorda das conclusões do estudo. Para Maggie Woodhouse, os pesquisadores norte-americanos estão confundindo precisão visual com busca visual, que é o que o teste do T mede de fato. Woodhouse é palestrante sênior na escola de Oftalmologia e Ciências da Visão na Universidade de Cardiff.

“Eles treinaram os estudantes para fazer movimentos rápidos com os olhos e escanear áreas amplas para encontrar objetos de interesse... Isso é busca visual”, defende a especialista. Eles podem, de fato, se beneficiar dos jogos de ação, disse ela, mas o que melhora é a capacidade de localizar objetos em uma área com outros itens. Isso ajudaria a identificar o rosto de um amigo em um jogo de futebol ou jogar um esporte de movimentos ágeis, como hóquei no gelo.

A melhoria pode não durar muito, contudo, e Woodhouse parece considerar o impacto do videogame negativo. Jogar por muito tempo pode causar cansaço visual, disse ela. Woodhouse também disse que jogar videogame pode causar “danos cerebrais”, embora essa pareça ser mais uma visão subjetiva que científica.

Os pesquisadores da Universidade de Rochester não foram localizados para comentar o assunto. A pesquisa deve ser publicada na próxima semana, no jornal Ciência Psicológica.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail