Home > Notícias

Operadoras lançam pacotes econômicos de TV paga, internet e telefonia

O serviço estará disponível inicialmente Brasília, Campo Grande, Rio de Janeiro e Niterói, informaram empresas nesta segunda-feira

Por Daniela Moreira, repórter do IDG Now!

12/02/2007 às 16h37

Foto:

O serviço estará disponível inicialmente Brasília, Campo Grande, Rio de Janeiro e Niterói, informaram empresas nesta segunda-feira

As operadoras Brasil Telecom (BrT) e Telemar anunciaram acordos comerciais com a Sky+DirectTV para oferta de bundles (empacotamento de serviços) de TV paga, internet, telefonia fixa e móvel. De acordo com Luiz Eduardo Baptista, presidente da Sky+DirectTV, os pacotes poderão oferecer uma economia de 20% a 42% nos serviços de TV por assinatura, o equivalente a até 60 reais por mês. “É desconto real, não estamos eliminando nada de conteúdo”, enfatizou o executivo.

A BrT oferece os pacotes inicialmente em Brasília (DF) e Campo Grande (MT), a partir desta segunda-feira (12/02) - o objetivo é expandir para outras áreas da região de atuação em até 30 dias. O bundle inclui telefonia fixa, internet e TV paga - por enquanto a telefonia celular está de fora, mas a operadora está “pronta para entrar com o móvel”, conforme os testes avançarem, segundo Ricardo Knoepfelmacher, presidente da Brasil Telecom.

Já a Telemar/Oi oferece o pacote completo, com telefonia fixa e móvel, internet e TV paga, inicialmente no Rio de Janeiro e Niterói (RJ), mas com planos de expandir para toda a sua região, até mesmo Minas Gerais, onde a companhia aguarda autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a aquisição da Way TV. “Teremos um menu de ofertas, o consumidor escolhe”, argumenta Luiz Eduardo Falco, presidente da companhia. A oferta começa a partir de 1º de março.

Além dos descontos em planos, que podem variar de acordo com os pacotes adquiridos, a Sky+DirectTV está oferecendo isenção da taxa de adesão ao serviço (que é de 239 reais) e as operadoras estão oferecendo gratuitamente o modem para banda larga. Os pacotes têm uma carência mínima de 12 a 18 meses.

A Sky+DirectTV prevê um aumento de 10% a 15% nas vendas de assinaturas nas cidades em que os pacotes estarão disponíveis e pretende levar a oferta às 40 principais cidades das áreas em que atua juntamente com as operadoras. As teles não divulgam estimativas de adesões ao novo pacote.

As contas dos usuários que aderirem aos bundles permanecerão separadas, embora as companhias planejem a integração das suas estruturas de call center para direcionar ligações umas às outras, evitando que o cliente tenha que fazer novas ligações para resolver problemas ligados aos serviços.

Segundo as empresas envolvidas no acordo, não há planos de trazer a oferta para o mercado de São Paulo - embora o anúncio de lançamento do serviço tenha se realizado na capital paulista.

A Sky manteve uma parceria comercial com a Telefônica, para venda conjunta do serviço de banda larga Speedy junto aos canais de TV via satélite, que durou pouco mais de um mês, no final de 2005.

Nem a Telefônica nem a NET Serviços, que lidera o mercado brasileiro de TV paga, quiseram, entretanto, comentar o anúncio da parceria entre as duas operadoras e a Sky.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail