Home > Notícias

Blogs descobrem como ampliar para 120 dias uso do Vista sem ativação

Restrito a um mês originalmente, uso do novo sistema sem ativação pode ser alongado por 4 meses, como documentam blogs

Por Gregg Keizer, para o IDG Now!*

21/02/2007 às 17h03

Foto:

Restrito a um mês originalmente, uso do novo sistema sem ativação pode ser alongado por 4 meses, como documentam blogs

A promessa da Microsoft de inutilizar funções importantes do Windows Vista após 30 dias sem ativação foi pelo ralo.

Na sexta-feira (16/02), a companhia confirmou que seu novo sistema operacional pode ser usado por até 120 dias sem que o software seja licenciado no programa de ativação da Microsoft.

Blogueiros e especialistas de Windows, incluindo Briam Livingston, que publica a newsletter Windows Secrets, publicaram detalhes sobre como estender o período máximo de 30 dias em quatro vezes, para 120 dias.

"Todas as versões do Windows Vista permitem seu uso por um mês sem ativação, exceto pelo Windows Vista Enterprise, que suporta apenas um teste de três dias", afirmou Livingston na última edição da sua newsletter.

"Se você sabe o segredo, no entanto, pode expandir o prazo da ativação para edições como o Vista Home Premium ou Vista Business para quatro meses além da data de instalação original".

O comando de uma linha "slmgr -rearm" muda o prazo da ativação, afirmou Livingston.

Uma porta-voz da Microsoft confirmou a efetividade do comando na sexta. "Sim, (a função) 'rearm' pode rodar por até quatro meses", disse em um e-mail.

"Isto significa um total de 120 dias disponíveis como período de testes para clientes que explorem a função".

A Microsoft documentou esta opção no site de suporta do Windows Vista Volume Activation 2.0. Mesmo que a maioria das informações corporativas seja voltada para administradores corporativos, a estratégia para enganar a ativação de 30 dias é válida para usuários finais do sistema operacional.

Estender o período de testes, continuou a porta-voz, não é uma violação do Acordo de Licenciamento para Usuário Final do Vista (do inglês, EULA). A Microsoft apresentou a ativação do produto no pacote corporativo Office XP e no sistema Windows XP, em 2001.

A função foi reformulada para o vista, no entanto; após o período de testes, PCs não ativadas rodando o Vista apresentam o que a Microsoft chama de "funcionalidade reduzida".

No modo reduzido, usuários podem apenar navegar pela internet no Internet Explorer 7, além de usar o sistema por apenas uma hora antes do PC ser forçado a sair do Vista.

Alguns críticos argumentaram que as novas regras de ativação e a redução de funcionalidade se combinam para formar uma "dupla mortal" - uma maneira que a Microsoft achou para impedir que PCs rodem versões piratas do Vista. A Microsoft, evidentemente, rejeitou a caracterização.

*Gregg Keizer é editor do ComputeWorld, em Framingham.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail