Home > Notícias

Console PS3 europeu rodará menos jogos antigos que versão dos EUA

Criticada pela falta de retrocompatibilidade com PS2, Sony anuncia que emulará ainda mais jogos por software na versão européia do PS3

Por Peter Sayer, para o IDG Now!*

23/02/2007 às 15h17

Foto:

Criticada pela falta de retrocompatibilidade com PS2, Sony anuncia que emulará ainda mais jogos por software na versão européia do PS3

Quando a Sony lançou seu console PlayStation 3 nos Estados Unidos e no Japão, foi criticada por que, mesmo tendo alardeado tanto sobre a "retrocompatibilidade" com jofos do console anterior, o PS2, o novo equipamento não consegui rodar todos os títulos.

O jogo ficou ainda pior para a gigante japonesa nesta sexta-feira (23/02), quando a Sony anunciou que a versão européia do console terá suporte menor ainda que sua versão norte-americana.

O console começará a ser vendido no dia 23 de março na Europa, Oriente Médio, África, Austrália e Ásia, com alguns componentes substituídos por emulação de software, afirmou a Sony. Isto cortará custos de produção, assim como funcionalidades, já que o novo aparelho rodará menos jogos do PS e PS2.

Fabricantes de consoles tentam manter preços do hardware baixo para atrair usuários para a plataforma, derrubando os lucros das vendas dos games. Outra tática é tornar os consoles compatíveis com games produzidos na geração anterior do console.

A Microsoft seguiu este caminho com o Xbox e o Xbox 360, enquanto as plataformas Wii e Nintendo DS, da Nintendo, rodam normalmente títulos do GameCube e do GameBoy Advance, respectivamente.

A versão do PS3 lançada nos EUA e no Japão continha hardware especial, notadamente o microprocessador Emotion Engine do PS2, apenas para assegurar a compatibilidade com games do PS e PS2. Mesmo assim, o novo console é incompatível com mais de 200 títulos das duas versões anteriores da linha.

Com o lançamento na Europa, a situação fica pior ainda;"O Engine Emotion foi removido e esta função foi substituída com software", afirmou Nick Sharples, porta-voz da Sony Computer Entertainment Europe, em Londres. A mudança tem um "efeito minimamente impactante" na compatibilidade, disse ele.

A Sony não revelou quais games do PS2 deverão rodar no PS3 europeu, já que ainda está desenvolvendo o software de emulação. Uma lista completa de games compatíveis será publicada no dia em que os consoles começarem a ser vendidos, afirmou Sharples.

As mudanças de hardware servem para cortar custo de fabricação. "Se pudermos reduzir os custos, este tem um efeito cascata" no preço para usuários finais, afirmou.

Revisões de hardware são partes normais do ciclo de vida de um console de games, mesmo que não afetem diretamente sua funcionalidade.

"O PS2 está em sua 13ª especificação nos seus seis anos e meio de vida", contabiliza.

Enquanto a Sony refina o software de emulação para tornar mais games compatíveis, "seria racional imaginar que os principais games são os que deverão ser suportados", confirma Sharples.

Seguidas atualização de software tornaram a versão norte-americana do PS3, com seu hardware dedicado, compatível com 98% dos games de PS2, disse ele.

Fora do Emotion Engine, o resto do console permanece intocado - mesmo que a companhia ofereça apenas uma versão, com disco rígido interno de 60 GB, com preço sugerido de 830 dólares.

O modelo sai por 599 dólares nos EUA, onde a Sony ainda oferece uma versão mais simples, com HD de 20 GB.

*Peter Sayer é editor do IDG News Service, em Paris.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail