Home > Notícias

Banda larga residencial cresce 33% no Brasil, segundo Ibope NetRatings

Segundo dados do Ibope/NetRatings, índice de usuários residenciais de banda larga subiu de 63,7% para 72,9% em um ano

Por Daniela Braun editora do IDG Now!

28/02/2007 às 15h32

Foto:

Segundo dados do Ibope/NetRatings, índice de usuários residenciais de banda larga subiu de 63,7% para 72,9% em um ano

O número de internautas ativos que acessam a internet em banda larga no Brasil cresceu 33% no ano passado, passando de mais de 7,6 milhões em janeiro de 2006 para 10,2 milhões em janeiro deste ano, informa a pesquisa mensal do Ibope NetRatings sobre a internet residencial.

O índice mostra que a participação do acesso rápido na internet residencial brasileira subiu de 63,7% para 72,9% até janeiro de 2007.

Enquanto os serviços de banda larga ganharam 2,5 milhões de novos assinantes no ano passado, o acesso por linha discada (dial-up) perdeu 500 mil assinantes - queda de 13% em relação a 2005 - revela a pesquisa.

Segundo José Calazans, analista de Internet do Ibope Inteligência, o Brasil ainda é o país que apresenta a menor velocidade de queda no múmero de usuários de linha discada, entre os dez países medidos pela Nielsen NetRatings - Estados Unidos, Japão, Austrália, França, Alemanha, Itália, Espanha, Suíça e Reino Unido, além do Brasil.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail