Home > Notícias

Quais alternativas à telefonia fixa para economizar na conta telefônica?

Celular pré-pago, pacotes de TV por assinatura, web e telefone e telefonia IP são alternativas para gastar menos. Veja as dicas

Por Ralphe Manzoni Jr. editor executivo do IDG Now!

01/03/2007 às 11h26

Foto:

Celular pré-pago, pacotes de TV por assinatura, web e telefone e telefonia IP são alternativas para gastar menos. Veja as dicas

A partir desta quinta-feira, 1º de março, as operadoras começam a migrar a conta telefônica de pulso para minutos.

Se você não escolher o plano adequado a seu perfil, pode levar um susto quando chegar sua próxima conta telefônica.

O IDG Now! conversou com especialistas e traz alternativas ao telefone fixo que podem ajudar você a reduzir sua conta de telefone.

Celular pré-pago

Dos mais de 100 milhões de telefones celulares em uso no Brasil, 81,1 milhões são de aparelhos pré-pagos. O motivo é muito simples: o consumidor consegue controlar quanto gasta.

Neste caso, é importante observar que o custo gasto por minuto será mais caro que o do telefone fixo nos dois planos obrigatórios que vão ser oferecidos pelas operadoras fixas.

“Mas o consumidor gasta de acordo com o seu orçamento”, avalia Júlio Puschel, analista sênior da consultoria de telecomunicações Yankee Group.

É a mesma opinião do consultor em telecomunicações e colunista do IDG Now!, Eduardo Tude. “O consumidor de baixa renda migrou para o celular” avalia. “O celular virou uma opção ao telefone fixo”.

Para quem usa telefone pós-pago, que também tem uma franquia de minutos ou uma assinatura mensal, os consultores afirmam que vale a pena avaliar planos que oferecem preços menores para quem usa o celular dentro de casa.

Um deles é o TIM Casa, pacote que pode ser contratado por clientes TIM GSM de planos pós e pré-pagos, para fazer ligações locais para números fixos, quando o cliente está na área cadastrada como sua “casa”.

Os clientes de planos pós-pagos, por 29,90 reais mensais, podem falar até 200 minutos. Os de planos pré-pagos, por 19,90 reais mensais, falam até 100 minutos.

Pacotes TV por assinatura + web + telefone

A TVA e a Net estão competindo pesado com as operadoras de telecom por acesso de banda larga.

No último ano, a estratégia de oferecer um pacote integrado de TV por assinatura, banda larga e telefone deu certo.

Os acessos de banda larga por meio de cabo passaram de 14,7% no quatro trimestre de 2005 para 17,8% no mesmo período de 2006, crescimento de 3,1 pontos percentuais, segundo pesquisa Barômetro de Banda Larga, realizada pela IDC Brasil e patrocinada pela Cisco.

Com o Net Combo, da Net, com TV por assinatura, banda larga 200 Kbps e Net Fone, o preço promocional é de 69,90 reais nas três primeiras mensalidades. Após esse prazo, salta para 134,80 reais, já inclusos os 34,90 reais da franquia do NET Fone.

A TV também conta com plano de TV por assinatura, Ajato, TVA Voz com franquia de 250 minutos por 89,90 reais nos três primeiros meses e 174,90 reais após esse prazo. Há taxas de adesão e do adaptador para o telefone que devem ser checadas pelo consumidor.

Verifique também a disponibilidade do serviço na sua cidade ou região Vale a pena checar se não houve mudanças nas condições do serviço.

Telefonia pela internet

A telefonia IP é vantajosa para ligações interurbanas e internacionais. Quando o assunto são as ligações de fixo para fixo, a conta não é tão favorável.

Há, no entanto, serviços de telefonia IP, como o NET Phone, da Embratel e da Net, e o Vono, da GVT, que podem ser analisados como opção para reduzir custos de telefonia.

A vantagem é que esses serviços têm franquias com preços inferiores às cobradas pelas operadoras fixas. Você pode pagar mais pelo minuto, como no caso dos celulares pré-pagos, mas vai conseguir controlar os seus gastos.

No caso do Net Phone, o plano mais barato tem franquia de 34,90 e custo para ligações locais de 0,10 centavos o minuto.

O Vono tem planos que começam a partir de 15 reais. O custo da ligação, para 151 cidades que têm o serviço, é de 0,11 o minuto.

Consulte também a disponibilidade do serviço e confira se as operadoras mantém as condições do serviço citadas nesta reportagem.

Se você conhece um serviço que pode ajudar os leitores do IDG Now! a economizar nos mande um mensagem. Vamos avaliar e acrescentar a esta reportagem.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail