Home > Notícias

Lenovo faz recall de 208 mil baterias de notebooks por risco de fogo

Lenovo resolveu fazer recall depois de reclamação de consumidores que afirmaram que seus modelos superaqueciam depois de uma queda

Por Ben Ames, para o IDG Now!*

01/03/2007 às 17h28

Foto:

Lenovo resolveu fazer recall depois de reclamação de consumidores que afirmaram que seus modelos superaqueciam depois de uma queda

Meses depois de se unir a outros fabricantes de computadores em um grande recall de baterias, a Lenovo encontrou um problema diferente em seus modelos e está anunciando um recall mundial 208 mil baterias de notebooks fabricadas pela Sanyo Electric, do Japão.

Assim como nos recall anteriores, que afetaram baterias de modelos vendidos por Dell, Apple, Toshiba, entre outras, elas podem pegar, informou a Consumer Product Safety Commission dos Estados Unidos.

Lenovo resolveu fazer o recall depois da reclamação de quatro consumidores que afirmaram que seus modelos superaqueciam depois de uma queda.

Os modelos com defeito foram vendidos entre novembro de 2005 e fevereiro de 2007 como uma opção de certas versões do notebook ThinkPad nas séries R, T e Z. Os pacotes das baterias com defeito tem o número FRU P/N 92P1131.

A Lenovo do Brasil foi procurada pela redação do IDG Now!, mas informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que ainda não tem mais detalhes sobre o impacto do recall no Brasil.

*Ben Ames é editor do IDG News Service, em Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail