Home > Notícias

BrT vai permitir troca entre plano obrigatório e alternativo sem custo

Operadora investiu R$ 250 milhões na preparação da rede e criou 11 opções alternativas, além dos dois planos obrigatórios

Por Taís Fuoco, editora do Computerworld

02/03/2007 às 10h29

Foto:

Operadora investiu R$ 250 milhões na preparação da rede e criou 11 opções alternativas, além dos dois planos obrigatórios

Depois de investir R$ 250 milhões na adaptação de sua rede para a conversão pulso-minuto, a Brasil Telecom criou 11 planos alternativos, que vão de 400 a 20 mil minutos mensais e incluem franquias para chamadas ao celular e uma franquia especial para navegação ilimitada pela internet.

> Economize com VoIP
> Quais alternativas à telefonia fixa para economizar na conta telefônica?
> Procon orienta consumidor sobre mudança de pulsos para minutos
> Anatel esclarece por telefone dúvidas sobre mudança pulso/minutos

A partir de agosto, quando acaba a cobrança por pulsos, os assinantes da companhia poderão migrar de um plano a outro - obrigatório ou não - sem custo ou tempo de carência, segundo ela.

Eugênio Pimenta, diretor de produtos e serviços da Brasil Telecom, conta que a rede ficou pronta para o modelo em minutos em outubro. Por isso, em novembro, a companhia começou a oferecer os novos planos alternativos, que batizou de Conta Completa. Em um mês, 100 mil clientes haviam se convertido para o modelo, segundo o executivo.

"Hoje, 70% a 80% das novas vendas já são na modalidade Conta Completa", afirma o executivo, em entrevista ao COMPUTERWORLD. A oferta dos planos alternativos permitiu que a companhia se certificasse da preparação do sistema de bilhetagem para a nova cobrança.

Os clientes que já optaram por um desses planos já recebem suas contas em minutos desde dezembro. Já os demais recebem encartes nas suas faturas normais com informações sobre a mudança. Em fevereiro, eles receberam o primeiro dos três deles.

Segundo Pimenta, as faturas da Brasil Telecom têm seis datas de vencimento no mês. "Por isso, temos de respeitar cada ciclo e fazer uma migração paulatina", explicou, já que a regulamentação não permite que uma mesma fatura tenha as duas modalidades de cobrança - pulso e minuto.

O diretor explica que a central de atendimento passou a ser treinada e capacitada desde o ano passado para o lançamento do Conta Completa. Algumas posições de atendimento - entre as 8 mil existentes - dedicadas a outros serviços poderão ser ocasionalmente direcionadas para atender às dúvidas dos assinantes sobre a conversão pulso-minuto, mas a companhia não pretende reforçar o time.

Para isso, ela conta com as campanhas de marketing e os encartes explicativos, além do site da empresa. "Quanto mais esclarecido o cliente, melhor", diz Pimenta. Um mês antes do final da cobrança por pulsos entra no ar uma campanha com filmes na TV e spots de rádio, além de anúncios em jornais.

A Abrafix, entidade que reúne as concessionárias de telefonia fixa, contratou uma agência para preparar um filme televisivo comum a todas as operadoras, que dividirão os custos. A agência vencedora foi a Publicis, a mesma que vai atender a Brasil Telecom na sua campanha local. Esse anúncio comum entra no ar este mês.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail