Home > Notícias

Falha no Vista força usuário a reativar o sistema operacional

Bug no sistema antipirataria exige, em algumas situações, o reinício do PC após a instalação de drives ou programas

Por Gregg Keizer, para o Computerworld*

02/03/2007 às 15h39

Foto:

Bug no sistema antipirataria exige, em algumas situações, o reinício do PC após a instalação de drives ou programas

Um mês após o lançamento mundial da nova versão do sistema operacional da Microsoft, uma falha na tecnologia antipirataria embutida no Windows Vista está fazendo com que usuários precisem reativar o sistema operacional após a instalação de novos drives ou de rodar software instalados.

Em silêncio, a Microsoft lançou uma correção para evitar a falha no Software Protection Plataform (SPP) no mês passado. Criticada por alguns quando foi anunciada, a versão do SPP está atualizada e mais agressiva das ferramentas anti-pirataria Windows Genuine Advantage que a empresa incluiu no Windows XP. Mas por causa do bug, SPP pode de repente demandar que a cópia do Vista seja “ativada” mesmo se o usuário ou o fabricante de computador tiver feito isso anteriormente.

“Você pode mover para ativar o Windows Vista em um computador em que a ativação do OS não foi previamente requerida”, diz a Microsoft, em um documento de suporte divulgado no dia 15 de fevereiro. “Apesar do problema raramente ocorrer, ele pode acontecer durante o uso típico de um computador baseado em Windows Vista. Por exemplo, este problema pode ocorrer sob uma ou mais das seguintes condições: durante a instalação de um driver ou um programa, na remoção de um software ou quando rodar um novo programa”, enumera.

Um usuário do Vista comentou que ele roda com o bug depois que ele atualizou a vida do PC. O Vista deve ser ativado dentro de 30 dias depois de seu primeiro uso ou senão acontece o que a Microsoft chama de modo de “redução de funcionalidade” – uma condição inválida no qual somente o browser funciona no sistema operacional web e depois somente uma hora de cada vez.

Ao menos que o hardware do PC seja substancialmente mudado, ativar o Vista deve ser um trabalho diário. Muitos fabricantes de hardware preativaram o sistema operacional para usuários antes de suas máquinas deixarem a fábrica. Mas se os usuários são forçados a reativar o Vista, eles tem um período de graça de somente três dias, não 30, para ter tudo em seus sistema em perfeitas condições.

Microsoft diz que a falha surge quando o programa roda com credenciais administrativas removíveis do sistema. De acordo com a companhia de Bill Gates, a correção do bug foi classificado como “recomendado”. Um porta-voz da Microsoft confirmou que o patch foi colocado no canal principal da companhia no final de janeiro. “Se os clientes não receberam isso via Windows Update, a atualização pode ser baixada”, diz.

A Microsoft pôs versões 32-bit e 64-bit do patch no seu site. Ironicamente, a falha pode somente ser demovida por PCs que transmitem outra checagem para verificar se o sistema operacional é legítimo. A organização não respondeu e-mail com questionamentos sobre quantos usuários foram afetados pelo bug.

*Gregg Keiser é repórter do Computerworld, em Framingham.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail