Home > Notícias

Prepare-se para os players Wi-Fi

Gadgets da Sandisk, iRiver e AOL dispensam o PC na hora de baixar conteúdo

Eric Dahl, PC World EUA

09/03/2007 às 10h33

Foto:

Gadgets da Sandisk, iRiver e AOL dispensam o PC na hora de baixar conteúdo

ZuneMP3A conectividade Wi-Fi embutida não ajudou a Microsoft a emplacar o Zune. Mas, uma nova geração de tocadores digitais com esta tecnologia, vindos de marcas como AOL, Archos, iRiver e Sandisk, deve expandir a popularidade e funcionalidades dos players conectados.

Em tempo: o Zune utiliza de forma limitada suas capacidades de conexão à rede. Proprietários do player da Microsoft podem apenas dividir músicas entre si, mas quem recebe um arquivo musical só pode tocá-lo por três vezes ou armazená-lo por, no máximo, três dias.

Isto levou a crítica a se perguntar o por que, afinal, não seria possível que existisse uma loja virtual acessível de outra forma além da convencional (por meio do PC)? E a sincronização wireless? E que tal usar rádios da web?

Em pouco tempo, os players conectáveis devem ter todas estas funções e mais um punhado de outras. Como resultado disso, a Microsoft terá de correr atrás do prejuízo.

O que vem por aí

Qualquer pessoa que esteja ansiosa por uma alternativa ao Zune, mas que não está tão preocupada com limite de armazenamento deve dar uma olhada no Sandisk Sansa Connect (250 dólares nos EUA).

SansaMP3Nas lojas norte-americanas no final de março, o tocador de 4GB de capacidade utilizará um serviço chamado Zing que permite aos usuários o compartilhamento de playlists, streaming de web rádios e o download de músicas diretamente no player, através de uma conexão wireless.

Para incrementar a memória disponível, o Sansa Connect vem com encaixe para cartão de memória microSD e suporta downloads PlayForSure e serviços por assinatura. Na tela de 2,2 polegadas, exibe fotos – mas não faz o mesmo com vídeos.

A Rhapsody trabalha com a iRiver num player equipado com conexão wi-fi também, além de alguns outros truques a serem tirados da cartola. Ainda não batizado, o player terá um display sensível a toques com três polegadas e interface baseada em Flash.

A iRiver diz que seus planos incluem lançar os produtos em versões de 2GB e 4GB em algum momento do segundo semestre deste ano. A empresa avisa também que a bateria dos players irá durar 25 horas com uma única carga.

Os assinantes do Rhapsody poderão acessar o serviço utilizando a conexão wi-fi do equipamento e transferindo músicas sem o uso de um PC. O tocador ainda deve incluir suporte a comunicação via VoIP, mas a iRiver não detalha com quais serviços esta função deverá se comunicar.

Já a Archos começou a investir no segmento de players com acesso a web wi-fi no final de 2006, com o 604 Wi-Fi (450 dólares nos EUA), um tocador de 30GB de capacidade de armazenamento com tela de 4,3 polegadas.

++++

604playerNa verdade o 604 se comporta mais como um PDA com capacidades multimídia e, apesar de gravar áudio e vídeo, sua conexão é mais focada em e-mail e acesso a web do que em donwload de músicas.

Até o fim do ano, a Archos deve lançar uma versão atualizada do produto. Detalhes ainda não foram revelados, mas o Archos 704 deverá ter 80GB de HD e uma tela com resolução ainda mais potente (800 x 480 pixels). De acordo com rumores, o 704 deverá ter transmitir vídeo diretamente do PC.

Futuramente

Além destes equipamentos citados, os interessados terão de esperar mais um pouco para próxima leva de tocadores wi-fi, mas pode haver boas novidades na remessa.

A Polaroid planeja lançar sua linha no próximo semestre, incluindo um modelo de 30GB que terá tela de 2.8 polegadas e outro de 40GB e tela de 4.3 polegadas.

Ambos suportarão playback de vídeos e poderão se conectar ao servidor DEC1000, da Polaroid, para baixar musica de forma wireless em sua rede doméstica.

Por fim, a AOL tem um player a ser lançado no meio do ano. Com custo estimado de 250 dólares, o tocador de 30GB terá conectividades Wi-Fi e Bluetooth para baixar e transmitir musicas de qualquer loja compatível com PlayForSure, incluindo Napster, Rhapsody e Yahoo.

Zune atualizado?

Com tanta competição à vista, o Zune poderá parecer velho muito prematuramente. Mas, segundo a Microsoft, este Zune é apenas a primeira geração.

Os próximos virão com memória flash e devem chegar ainda neste ano às lojas. A companhia alega que ainda não demonstrou toda a capacidade wireless do gadget.

A Microsoft planeja ainda instalar terminais em locais hot spot para que proprietários do Zune preencham o equipamento com músicas e rumores dão conta de que a companhia deve estender o prazo de existência das músicas transferidas entre usuários.

Enquanto o Zune parece ter prometido mais do que, de fato, entregou, a Microsoft se mostra disposta a competir. E é bom que esteja mesmo: rivalidade entre players é o que não deve faltar nos próximos meses.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail