Home > Notícias

HP lança PCs para atender novo padrão de eficiência em energia

Modelos HP Compaq dc5700, dc5750 e dc7700 vão ajudar as empresas a reduzir custos com energia, com 80% de eficiência de consumo

Por Ben Ames, para o IDG Now!*

12/03/2007 às 17h53

Foto:

Modelos HP Compaq dc5700, dc5750 e dc7700 vão ajudar as empresas a reduzir custos com energia, com 80% de eficiência de consumo

Quatro meses antes dos órgãos federais reguladores aplicarem novos padrões de eficiência para os desktops, a Hewlett-Packard já preparou três computadores que se qualificam na etiqueta Energy Star 4.0 da Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Os modelos HP Compaq dc5700, dc5750 e dc7700 vão ajudar as empresas a reduzir custos com energia, principalmente colocando a máquina no modo de hibernação mais rápido que modelos anteriores e garantindo uma eficiência de consumo de 80% contra 65% a 75% nos modelos atuais, disse Nancy Bowman, gerente de produtos da HP para desktops comerciais na América do Norte.

A HP espera que os computadores tenham apelo entre gerentes de TI institucionais que enfrentam exigências corporativas de padrões de eficiência, disse Bowman.

Atualmente, o site da EPA traz uma lista com mais de 80 modelos “verdes” de computadores, que evitam substâncias nocivas, são facilmente recicláveis e têm eficiência energética. Mas grande parte deles atende apenas o padrão atual e mais baixo da EPA, o Energy Star 3.0.

Em outubro, a agência disse que atualizaria o padrão pela primeira vez desde 2000 porque 98% de todos os produtos no mercado já atendiam seu padrão.

Em um esforço para dar ao Energy Star o status de elite, o órgão regulatório aumentou as exigências para que o selo passasse a incluir apenas os 25% dos desktops, notebooks, tablets, servidores e consoles de videogame mais eficientes disponíveis no mercado. O novo padrão entra em vigor em 20 de julho e deve migrar para um nível ainda mais exigente em 2009.

Muitos fornecedores de PCs e chips constataram que fazer equipamentos mais “verdes” pode ajudá-los tanto a ser melhores cidadãos quanto ganhar vantagens de mercado.

Na última quarta-feira (07/03), a Dell disse que expandiria a programa “Plante uma árvore para mim”, permitindo a consumidores e empresas baseados nos Estados Unidos compensar as emissões de carbono geradas na produção dos seus produtos de TI contribuindo pelo site da Dell com diversos grupos ambientais.

Os usuários podem escolher compensar o impacto anual de um consumidor, com uma doação de 99 dólares, ou doar 40 dólares por um servidor; 6 dólares, por um desktop; 2 dólares por um notebook; ou 1 dólar por uma impressora jato de tinta, disse a Dell.

A Dell também planeja desenvolver vários desktops OptiPlex, notebooks Latitude ou estações de trabalho Dell Precision no padrão Energy Star 4.0, disse o porta-voz Jeremy Bolen.

Em outras frentes, a Toshiba America Information Systems disse na última semana que submeteu determinados modelos de notebook à lista da EPA e iniciou um programa de devolução de computadores para encorajar a reciclagem.

A Toshiba disse que vai ajudar a retirar computadores antigos de circulação oferecendo recompensas em dinheiro por PCs funcionais, reciclando notebooks não-Toshiba por um pequeno valor e reciclando os produtos da sua própria marca gratuitamente.

Também na última semana, a Intel anunciou que removeria retardantes de chamas halogenados dos seus produtos StrataFlash Cellular Memory (M18), linha de memórias flash NOR para dispositivos móveis.

*Ben Ames é editor do IDG News Service, em Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail