Home > Notícias

Proprietária da MTV pede US$ 1 bilhão em processo contra YouTube

Grupo por trás dos canais MTV e Comedy Central conta 160 mil clipes de sua programação e acusa Google de esplorar estúdios para lucrar

Por Redação do IDG Now!*

13/03/2007 às 11h34

Foto:

Grupo por trás dos canais MTV e Comedy Central conta 160 mil clipes de sua programação e acusa Google de esplorar estúdios para lucrar

O conglomerado de mídia Viacom anunciou nesta terça-feira (13/02) que entrou com um processo contra o Google por "infração intencional em volume de direitos autorais" no serviço de vídeos YouTube.

Iniciada na Corte Distrital do Sudeste de Nova York, a ação exige o pagamento de multa avaliada em 1 bilhão de dólares e pede um injunção judicial que proíba o buscador de futuras infrações de direitos autorais.

O comunicado da Viacom afirma que o processo tem relação direta com 160 mil clipes não autorizados com programação do conglomerado, que contabilizam um total de 1,5 bilhão de reproduções.

O material publicado sem a autorização da Viacom contempla tanto programas de TV, de canais como Comedy Central, MTV, Nickelondeon e VH1, como trechos de filmes dos estúdios Paramount Pictures e DreamWorks.

No comunicado, a Viacom ainda acusa o YouTube de se sustentar por um modelo econômico ilegal, já que consiste em atrair tráfego e vender propagandas apoiadas na popularidade de vídeos publicados sem licença.

"Na verdade, a estratégia do YouTube foi evitar a tomada de ações pró-ativas para cortar a infração de seu site", acusa a Viacom.

"Não existe dúvidas de que tanto o Google como o YouTube continuam a aproveitar nossos esforços sem permissão, destruindo enormes valores no processo", continua a acusação, que ainda afirma que o processo só foi iniciado após todas as negociações se esgotarem.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail