Home > Notícias

Web 2.0: onda da colaboração avança em pequenas e médias empresas

Mais de 2,8 milhões de MPEs globais já utilizam aplicações de Web 2.0, embora definições a respeito sejam deficientes

Por Redação do Computerworld

14/03/2007 às 12h24

Foto:

Mais de 2,8 milhões de MPEs globais já utilizam aplicações de Web 2.0, embora definições a respeito sejam deficientes

Mais de 2,8 milhões de pequenas e médias empresas globais já estão utilizando aplicações de Web 2.0, embora ainda sejam deficientes as definições sobre funcionalidades de tal plataforma, revela pesquisa publicada nesta semana pela consultoria Access Market International (AMI) Partners.

Só nos Estados Unidos, mais de 40% das pequenas e médias utilizam essas aplicações, embora o conhecimento sobre tais soluções ainda seja baixo, ressalta Jackie Chan, diretor de pesquisa da consultoria. Além disso, essa mesma amostra aponta que já utiliza sites como Amazon.com e eBay para abordagens corporativas.

De acordo com o executivo, a AMI vê a Web 2.0 como a segunda geração de serviços de internet. Na prática, o conceito marca a transição de websites estáticos para uma plataforma de desenvolvimento de aplicações, o que cria oportunidade também para os desenvolvedores e parceiros em termos de monetizar suas aplicações.

“Desde grandes companhias como a Microsoft até pequenas start-ups têm utilizado tal abordagem como um passo à frente para criar soluções baseadas em web e serviços, algumas das quais são extremamente relevantes ao espaço das pequenas e médias”, diz Chan.

Além das aplicações colaborativas, o estudo constatou ainda que aproximadamente 14% das pequenas e médias empresas norte-americanas já utilizam o modelo de software como serviço, e o percentual deve crescer a 24% até o final deste ano.

Webcasts e blogs também estão populares entre as companhias para anúncios e promoções, assim como os podcasts. Mais de 260 mil empresas já adotam a ferramenta de áudio para veicular suas marcas.

Comunidades online e portais estão na lista de ferramentas ascendentes entre as companhias. Hoje, uma em cada cinco SMBs participa de alguma forma de mercado eletrônico, capaz de colocar em contato direto compradores e vendedores de diversas indústrias.

A AMI acredita que os ingredientes para o sucesso das aplicações de Web 2.0 nas pequenas e médias companhias incluirão ofertas de serviços que encorajem a colaboração e que permitam a personalização, ao mesmo tempo em que abordam questões de segurança. Algumas áreas emergentes de robusto crescimento incluem ainda soluções de armazenamento e backup, além de CRM hospedado e soluções SFA, assim como ferramentas de produtividade e outros sistemas de colaboração online.

Segundo a consultoria, a onda da Web 2.0 não está apenas mudando o comportamento do consumidor, mas também o cenário para os canais – ISVs – e seus modelos de negócios. Grandes fornecedores como Microsoft, Google e IBM devem considerar o impacto de seus desenvolvimentos sobre a tecnologia 2.0, além de analisar as oportunidades trazidas pelos ISVs para o mercado de pequenas e médias.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail