Home > Notícias

Segurança em TI é prioridade para somente 8% das pequenas empresas

Apesar disso, 90% dos pequenos e médios empresários ouvidos em pesquisa afirmam que devem aumentar os investimentos em segurança este ano

Por Redação da PC World

15/03/2007 às 16h04

Foto:

Apesar disso, 90% dos pequenos e médios empresários ouvidos em pesquisa afirmam que devem aumentar os investimentos em segurança este ano

Ameaças à segurança da área de TI, como vírus provenientes de e-mails, representa risco para 80% dos pequenos e médios empresários. Porém, somente 8% deles afirmam que a melhoria da segurança será uma de suas prioridades de negócios este ano.

É o que mostra a pesquisa “SMBs em um mundo conectado: o sucesso nos negócios envolve enfrentar novas ameaças à segurança de TI", encomendada pela McAfee e pelo MessageLabs ao instituto de pesquisas IDC e divulgada nesta quinta-feira (15/03).

O estudo concluiu que isso ocorre porque as empresas de pequeno e médio porte (SMBs) dedicam-se mais a manter os negócios em funcionamento do que a preparar-se estrategicamente para as ameaças futuras.

Apesar disso, mais de 90% dos entrevistados afirmam que dedicarão mais recursos à segurança de TI em 2007, um aumento de 20% em relação ao ano passado.

Segundo a pesquisa, o maior desafio enfrentado pelas SMBs em 2007 serão as atividades reativas, como manter atualizadas as soluções de segurança (39%), ser informado sobre as novas ameaças (38%) e deixar os custos em um nível reduzido (33%).

A IDC entrevistou 450 executivos de SMBs que possuem entre 80 e 250 funcionários nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Austrália.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail