Home > Notícias

Celulares lideram lista de reclamações sobre produtos no Procon

Gradiente foi primeira colocada no ranking de produtos, com 457 reclamações. Na seqüência aparecem Siemens-Benq e Motorola

Por Camila Fusco, repórter do Computerworld

16/03/2007 às 11h14

Foto:

Gradiente foi primeira colocada no ranking de produtos, com 457 reclamações. Na seqüência aparecem Siemens-Benq e Motorola

Empresas relacionadas ao setor de telefonia, ao que tudo indica, não estão conseguindo mesmo corresponder às expectativas dos clientes. Ao lado das operadoras fixas e móveis, que lideraram o ranking geral de reclamações da Fundação Procon-SP, estão as fabricantes de telefones celulares, campeãs de queixas na categoria produtos.

Das dez empresas listadas na categoria, seis são fabricantes de telefones celulares, conforme o ranking divulgado nesta quinta-feira (15/03) pelo órgão.

A Gradiente foi a primeira colocada no ranking, com 457 reclamações. Na seqüência aparecem Siemens-Benq – com 377 queixas – e Motorola, com 326. Na quinta colocação aparece a Samsung Eletrônica, com 198 reclamações, à frente de LG Electronics (156), na sétima colocação. Na oitava posição, aparece a Nokia. Com 147 queixas.

Segundo o Procon-SP, qualidade é a principal queixa dos usuários. As reclamações abrangem principalmente vícios do display e problemas de retenção de carga das baterias, além de serviços prestados pelos fabricantes.

Para boa parte dos consumidores, as assistências técnicas credenciadas não são devidamente preparadas, e não respeitam prazos para reparos, superando os 30 dias previstos em lei. Outro problema diz respeito ao pós-venda, já que todas as vezes que necessitam, não conseguem informações satisfatórias sobre os procedimentos.

Apesar de investirem em novas tecnologias para os aparelhos celulares, os fabricantes têm decepcionado no que diz respeito às informações técnicas, dizem os consumidores. Na prática, muitos deles se deparam com falta de informação no momento da compra sobre a indisponibilidade de alguns serviços pela operadora escolhida.

A Fundação Procon informa que tem trabalhado junto aos fabricantes na melhora dos manuais, assim como tem orientado para um cuidado adicional no momento da compra por parte dos consumidores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail