Home > Notícias

NBC e News Corp. se juntam para disputar espectadores com YouTube

Através de um acordo com a AOL, MSN, da Microsoft, MySpace e Yahoo, o novo site deverá alcançar 65 milhões de internautas

Por Ben Ames, para o IDG Now!*

23/03/2007 às 10h55

Foto:

Através de um acordo com a AOL, MSN, da Microsoft, MySpace e Yahoo, o novo site deverá alcançar 65 milhões de internautas

A News Corp. e a NBC Unversal desafiarão o YouTube, do Google, na disputa pela atenção dos internautas e pela receita com publicidade ao lançar um site de vídeos no terceiro trimestre, segundo anunciou a News Corp. nesta quinta-feira (22/03).

Através de um acordo com AOL, MSN, MySpace e Yahoo, o novo site deverá alcançar 65 milhões de espectadores, o que corresponde a 96% dos usuários únicos dos EUA mensalmente, disse a companhia.

Para manter esses espectadores, a NBC e a News Corp. oferecerão episódios de programas de TV gratuitamente e o negócio será mantido às custas de propagandas da Cadbury Schweppes, Cisco Systems, Esurance, Intel e General Motors.

Os parceiros também tentarão criar uma comunidade virtual interativa de usuários para criar listas de vídeos personalizadas e uma ferramenta de buscas de filmes.

A NBC e a News Corp. também podem usar o site como um canal virtual algum dia, licenciando e produzindo programação original incluindo programas como “Heroes”, “24”, “My Name is Earl," "Saturday Night Live," "The Simpsons" e "Prison Break."

Ao contrário dos vídeos amadores disponíveis no YouTube, o novo site dará aos consumidores vídeos produzidos por profissionais, disse o presidente da News Corp., Peter Chernin, em uma declaração.

O site oferecerá uma biblioteca de conteúdo de doze redes e dois estúdios de filmes.os parceiros não anunciaram o nome do site, mas disse que seu diretor inicialmente será George Kliavkoff, atualmente diretor digital da NBC Universal.

Em vez de atrair espectadores de portais parceiros, como o da AOL, o site oferecerá os vídeos para eles. Esse design permite que usuários assistam aos vídeos sem sair so site da AOL nem abrir outra janela, de acordo com uma declaração do porta-voz da AOl, Anne Bentley.

Da mesma forma, a Microsoft disse que o novo site pode criar uma grande receita nova através do dinheiro vindo da propaganda.

“Nossos investimentos no MSN Video e no SoapBox nos últimos dois anos mostraram que vídeos são uma forte tração de comprometimento e empolgação, tanto dos usuários quanto dos anunciantes, disse Kevin Johnson, presidente da divisão de plataforma e serviços da Microsoft, em um comunicado.

*Bem Ames é repórter do IDG News Service, em Boston.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail