Home > Notícias

Vivo investe R$ 1,6 mi para levar cobertura CDMA a mais quatro regiões

Empresa investe 1,6 milhão de reais em Santos e Porto Alegre e leva terceira geração do padrão a mais 29 cidades da Bahia

Por Taís Fuoco, editora do Computerworld

23/03/2007 às 10h30

Foto:

Empresa investe 1,6 milhão de reais em Santos e Porto Alegre e leva terceira geração do padrão a mais 29 cidades da Bahia

Ao mesmo tempo em que inicia a operação comercial no padrão GSM, a Vivo amplia os investimentos na cobertura CDMA, especialmente na terceira geração do padrão (EVDO), usada, principalmente, pelo mercado corporativo.

A companhia vai investir 1,6 milhão de reais para estender a rede em Santos (SP) e Porto Alegre (RS), a partir de contratos com a Lucent e Nortel, respectivamente, e também estenderá a cobertura em mais 29 municípios da Bahia até o mês de abril, segundo Javier Rodriguez, vice-presidente de tecnologia da operadora. Nesse caso, a fornecedora de equipamentos é a Ericsson.

Ele também citou o projeto de implantação de uma rota própria de transmissão na região norte do País, de Santarém a Porto Trombeta (PA).

Segundo Sérgio Assenço,vice-presidente de regulamentação da Vivo, "hoje só existe satélite" naquela região, mas, após a implantação da rota da companhia, que terá cerca de 400 quilômeteros de extensão no meio da floresta amazônica, "além de garantir uma boa economia em satélite, a Vivo poderá oferecer dados e banda larga".

Esta será a segunda rota de transmissão que a Vivo implanta na região. A primeira cobriu de Manaus a Parintins com uma extensão de 500 quilômetros.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail