Home > Notícias

Cientistas criam bateria de açúcar para eletrônicos com vida longa

Bateria criada por pesquisadores dos Estados Unidos funciona à base de açúcar com água, seiva e até mesmo refrigerantes

Por Redação do IDG Now!

26/03/2007 às 16h50

Foto:

Bateria criada por pesquisadores dos Estados Unidos funciona à base de açúcar com água, seiva e até mesmo refrigerantes

Abastecer o seu iPod com uma latinha de refrigerante. Pode soar absurdo, mas cientistas da Universidade Saint Louis, nos Estados Unidos, criaram uma bateria de combustível que, segundo eles, funciona à base de qualquer fonte de açúcar – até mesmo refrigerantes – e tem o potencial de oferecer uma carga quatro vezes mais longa que a de uma bateria convencional de íon lítio, reportou o Science Daily.

Para o usuário, isso significaria mais tempo para ouvir música ou falar ao celular. Outra vantagem é que as baterias movidas a açúcar são biodegradáveis, ao contrario dos atuais modelos de lítio. Os resultados dos testes foram descritos na 233ª reunião da Sociedade Americana de Química.

Usar açúcar como combustível não é um conceito novo: a glicose é a fonte de energia necessária a todos os seres vivos. Segundo Shelley Minteer, Ph.D. e eletroquímica que liderou o estudo, outros cientistas já criaram baterias baseadas em açúcar, mas a versão criada sob seu comando seria a mais duradoura e poderosa até o momento.

Como prova de conceito, a cientista usou uma pequena bateria – do tamanho de um selo – para fazer funcionar uma calculadora portátil. Se a bateria mostrar bons resultados nos próximos testes pode chegar ao mercado no prazo de três a cinco anos, segundo ela.

A tecnologia não beneficiaria apenas consumidores, mas também teria aplicações militares, com as baterias fornecendo energia a equipamentos nos campos de batalha e em situações de emergência, com escassez de eletricidade. Os estudos foram financiados pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

A bateria pode ser alimentada com qualquer fonte de açúcar, até mesmo a seiva das plantas. Minteer já testou também refrigerantes e misturas doces para sucos, mas o melhor “combustível” até o momento foi açúcar dissolvido em água.

Entre as aplicações para a bateria estão, por exemplo, recarregadores portáteis para celulares, que permitem carregar imediatamente o aparelho simplesmente trocando cartuchos pré-abastecidos com a solução de açúcar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail