Home > Notícias

Bilionário que criou Excel e Word se prepara para viagem espacial

Charles Simonyi, que passou 11 anos na Microsoft coordenando desenvolvimento de softwares, preparará jantar gourmet para astronautas

Por Michael Cooney, para o IDG Now!*

27/03/2007 às 16h48

Foto:

Charles Simonyi, que passou 11 anos na Microsoft coordenando desenvolvimento de softwares, preparará jantar gourmet para astronautas

Em abril, o bilionário desenvolvedor de softwares Charles Simonyi se tornará o quinto civil a voar para o espaço enquanto estiver dentro da cápsula Russian Soyuz TMA-10 em direção à estação espacial internacional.

Ele terá a companhia dos cosmonautas russos Fyodor Yurchikhin e Oleg Kotov e retornará à Terra 11 dias depois com os atuais moradores da estação especial - o russo Mikhail Tyurin e o espanhol naturalizado norte-americano Miguel Lopez-Alegria, segundo notícias internacionais. Simonyi gastará mais de 20 milhões de dólares na viagem.

Agraciado com o título de doutor pela Universidade de Stanford, Simoyi foi contratado pelo centro de pesquisa PARC, da Xerox, durante o que pode ser considerado o período de produção de softwares, trabalhando com Alan Kay, Butler Lampson e Robert Metcalfe.

Ele começou seu trabalho na Microsoft em 1981 e coordenou o desenvolvimento do Word e Excel, assim como o Multiplan, antecessor do Excel.

O programador saiu da Microsoft em 2002, para co-fundar, junto ao então parceiro de Microsoft, Gregor Kiczales, uma empresa chamada Intentional Software. A companhia comercializa os conceitos de programação que Simonyi desenvolveu no Microsoft Research.

Após começar a treinar na Rússia no último inverno, Simoyi aprendeu a andar e respirar na rouba espacial, usar máscara de gás, praticar resgates em caso de pouso na água e outras tarefas, assim como seus antecessores.

O mais difícil, disse ele à Associated Pres, foi se sentar na cadeira de alta rotação para ajudar a combater o enjôo no espaço, além de aprender um pouco de russo. Agora que o treinamento acabou, ele afirma que tem certeza de que a viagem não terá tropeços.

"Minha mãe está muito preocupada, mas entende completamente, e acho que ficarei bem", ele afirmou à agência de notícias.

Na estação, ele conduzirá experimentos, incluindo medir níveis de radiação e estudar organismos biológicos dentro da estação espacial.

Simoyi seguirá os passos de Dennis Tito, Mark Shuttleworth, Gregory Olsen e Anousheh Ansari - turistas espaciais que viajaram para a estação especial dentro de foguetes russos em viagens agendadas e organizadas pela companhia norte-americana Space Adventures.

Como todos os membros da equipe na estação, Simonyi poderá falar com parentes, escrever e-mails, entrar em contato com sua equipe de suporte e até escrever um blog.

Ele também planeja preparar um jantar gourmet para os cinco outros astronautas, incluindo peito de pato, pudim de arroz e codorna cozida no vinho - especialmente preparados para serem consumidos no espaço.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail