Home > Notícias

Sistema permite download até cinco vezes mais rápido via redes P2P

Cientistas da Carnegie Mellon criam sistema P2P que identifica e baixa trechos de arquivos não-idênticos, acelerando o download

Por Redação do IDG Now!

12/04/2007 às 17h55

Foto:

Cientistas da Carnegie Mellon criam sistema P2P que identifica e baixa trechos de arquivos não-idênticos, acelerando o download

Cientistas da computação ligados à Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, criaram um sistema que pode acelerar em até cinco vezes o download de arquivos de dados, músicas e filmes via redes peer-to-peer (P2P).

David G. Andersen, professor assistente de ciência da computação da instituição, e Michael Kaminsky da Intel Research Pittsburgh desenharam o sistema chamado Similarity-Enhanced Transfer (SET), que permite identificar trechos relevantes em arquivos similares ao desejado, aumentando as potenciais fontes de download.

O aumento do número de fontes para download se traduz, em geral, em downloads mais rápidos via P2P. O potencial de aumento na velocidade oferecido pelo SET varia de acordo com o tamanho e a popularidade do arquivo e pode partir de 5% de ganho em rapidez a até 500%.

Andersen e seus colegas pretendem empregar a técnica do SET em um sistema de compartilhamento de trabalhos acadêmicos e não pretendem usá-lo para compartilhar filmes e músicas. Mas o pesquisador defende que os desenvolvedores de sistemas P2P deveriam aproveitar a idéia para acelerar suas próprias redes. “Essa é uma técnica que eu gostaria que as pessoas roubassem”, escreveu ele, em um comunicado à imprensa.

Assim como outros sistemas P2P, como BitTorrent, Gnutella e ChunkCast, o SET baixa pedaços de diferentes arquivos de diversas fontes para compor o arquivo desejado. Seu diferencial é que ele é capaz de identificar arquivos similares ao que o usuário quer baixar e copiar pedaços deles.

Um exemplo de como a tecnologia funciona é se um usuário quer baixar a versão em alemão de um popular filme, a maioria dos sistemas existentes baixa a maior parte deste filme apenas de fontes alemãs. O SET é capaz de baixar pedaços do filme de fontes disponíveis nos Estados Unidos, baixando apenas o áudio das fontes na Alemanha, para acelerar o processo.

O sistema usa técnicas similares às usadas em sistemas anti-spam e de agrupamento de resultados de buscas para identificar em arquivos não idênticos partes para compor o arquivo desejado.

Em testes baseados arquivos reais baixados em redes P2P, o SET melhorou a velocidade de transferência de arquivos de música MP3 em 71%. Para trailers de filmes de 55 MB (megabytes), o ganho de velocidade foi de 30%, usando a técnica dos pesquisadores que permitiu extrair trechos do arquivo baixado de trailers 47% similares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail