Home > Notícias

Os 50 melhores produtos de tecnologia de todos os tempos – Da 50ª à 41ª posição

Saiba quais são so produtos e equipamentos que ocupam da 50ª a 41ª posições do ranking de melhores da tecnologia

Por Christopher Null, PC World EUA

18/04/2007 às 15h27

Foto:

Saiba quais são so produtos e equipamentos que ocupam da 50ª a 41ª posições do ranking de melhores da tecnologia

:: 50 - Northgate OmniKey Ultra (1987)
avantstellarLenda
entre os teclados, o Northgate OmniKey era enorme, pesado, alto e
orgulhosamente durável. Os fãs ainda o usam hoje em dia. Por que a
Northgate saiu do mercado em 1997? Talvez porque seu produto
simplesmente não quebrava rápido o bastante para ser substituído...

:: 49 - Microsoft Excel (1985)
excelprodutosTudo
bem, muito leitores vão chiar alegando que o Excel é cheio de falhas e
das inúmeras vulnerabilidades que apresenta. Mas, você acreditaria que
ele foi lançado para Macintosh dois anos antes de sair para PC? Quando
o Excel chegou ao Windows ele enterrou o Lotus 1-2-3 em poucos anos,
graças, em parte, à sua linguagem de programação. Ele logo se tornou
tão dominante que os demais aplicativos do Microsoft Office foram
reprojetados para ficarem mais parecidos com o Excel.

:: 48 - Sony Mavica MVC-FD5 (1997)
Quando
a fotografia digital ainda engatinhava, transportar fotos da câmera
para o PC era um grande desafio. Não havia slots para cartões de
memória, Bluetooth ou mesmo USB. O Mavica MVC-FD5 foi uma sacada de
gênio: colocar um drive de disquete na câmera e depois transferir as
fotos. Cabiam cerca de oito imagens num disco (com resolução limitada
em 640 por 480 pixels), o que já era o bastante para a época. A linha
Mavica conseqüentemente evoluiu e passou a incluir gravadores de DVD
integrados.

:: 47 - PC-Talk (1982)
O PC-Talk era um
programa que permitia ao usuário se conectar ao então serviços de BBS
(Bulletin Board System), precursores da internet que conhecemos hoje.
Mas o software era mais conhecido por outro motivo: credita-se a ele
boa parte da criação do modelo de distribuição shareware (programas
protegidos por direitos autorais, distribuídos gratuitamente em caráter
experimental). Quando seu autor, Andrew Fluegelman (também editor
fundador da PC WORLD), decidiu mostrar sua criação ao mundo, ele
simplesmente pediu que, se as pessoas gostassem do programa, enviassem
algum dinheiro a ele. Apesar de ter registrado a palavra “freeware”
pela sua criação, “shareware” logo se tornou um termo mais aceitável ao
modelo de negócio.

:: 46 - Adaptec Easy CD Creator (1996)
Gravadores
de mídia óptica são programas pelos quais devemos agradecer todo dia.
Afinal, no início da época dos CDs graváveis, gravar um disco
significava usar softwares terceirizados e cheio de erros. O Easy CD
Creator, além de esclarecer muitas dúvidas sobre a gravação, tornou-se
padrão até a chegada do Windows XP. O seu descendente direto, o Roxio
Easy Media Creator 9, faz muito mais do que gravar CDs, mas todos nós
devemos tudo isso ao original.

:: 45 - Red Hat Linux (1994)
É difícil escolher a
distribuição Linux divisora de águas. Literalmente, centenas delas
existiram ao longo dos anos, apesar de poucas terem o status de arte. A
Red Hat foi crucialmente importante no início de tudo para tornar o
Linux mais confortável e fácil de se instalar. A versão Red Hat foi
descontinuada em 2003, mas deixou sucessores como o Ubuntu, que visa
popularizar o Linux cada vez mais.

:: 44 - Canon EOS Digital Rebel (2003)
canonprodutos
Ela
é responsável pela oferta de tecnologia de ponta em câmeras digitais ao
consumidor final. A EOS era uma digital SLR de 6.3 megapixels que, pela
primeira vez, oferecia lentes intercambiáveis e grande controle
fotográfico aos fotógrafos decepcionados com as digitais de bolso. A
Rebel pode ter sido ainda a câmera mais hackeada já feita: foram
criados firmwares e até aplicativos DOS para ela. A linha ainda é um
dos suportes da Canon, com a EOS Digital Rebel Xti considerada um
sucesso entre os fotógrafos “quase” profissionais.

:: 43 - Central Point Software PC Tools (1985)
Adquirir
utilitários avulsos para PCs sempre sai mais caro, além de dar muito
trabalho. O PC Tools, da Central Points, não era exatamente
revolucionário, mas trazia dúzias de utilitários em apenas um pacote,
salvando os computadores de muitos usuários menos entendidos do
assunto. Depois de um lançamento decepcionante em 1991, a empresa foi
comprada pela Symantec e descentralizada, conforme a Norton SystemWoks
que dava continuidade ao trabalho iniciado pelo PC Tools.

:: 42 - Epson MX-80 (1980)
Além
do barulho do modem conectando, havia outro ruído mais característico
do que o de impressora matricial funcionando? A matriz de ponto reinou
no mundo das impressoras por muito tempo. Razoavelmente barata, durável
e rápida para a época (uma página por minuto), a MX-80 tornou-se um
sucesso de vendas logo que foi lançada, com a Epson alegando que tinha
60% do mercado neste segmento. Mesmo 27 anos depois ainda é possível
encontrar fitas de impressão para a MX-80.

produtoshypercard:: 41 - Apple HyperCard (1987)
O
HyperCard, criado pelo gênio da Apple Bill Atkinson, era um ambiente de
programação que oferecia pilhas de “cartões” em branco nos quais se
podia adicionar textos, gráficos e pequenos vídeos. E mais importante,
você podia interligar os "cartões", algo parecido com uma versão
offline de um website. Alguns atributos de design do HyperCard ainda
existem nos browsers de hoje, como o ponteiro de mouse em formato de
mão quando o cursor indica um link.

::
Voltar para a abertura do especial

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail