Home > Notícias

BBC abre arquivo de programas em áudio e vídeo para download

Conglomerado de mídia oferecerá 50 horas de conteúdo em seu site e, futuramente, incluirá todo o conteúdo já veiculado na TV

Por Redação do IDG Now!

19/04/2007 às 17h28

Foto:

Conglomerado de mídia oferecerá 50 horas de conteúdo em seu site e, futuramente, incluirá todo o conteúdo já veiculado na TV

A BBC decidiu oferecer parte de seu arquivo de conteúdo de vídeo e áudio para download em seu site, segundo anunciou Ashley Highfield, líder de Mídia e Tecnologia Futuras da BBC, em uma conferência em Cannes.

A oferta de programas on-demand na íntegra, roteiros e anotações faz parte se uma tentativa do conglomerado de mídia de abrir para o público mais de 1 milhão de horas de conteúdo de TV e rádio. Inicialmente, serão disponibilizadas 1 mil horas de conteúdo de diferentes gêneros para um grupo seleto de pessoas. Interessados em participar do grupo podem se inscrever no site da BBC de Londres. Cerca de 50 horas de programas de TV e rádio ficarão disponíveis para o público geral.

Segundo Highfield, a meta é um dia “permitir que o espectador possa acessar qualquer programa da BBC veiculado na TV”, segundo nota publicada no site da empresa. A estratégia envolve também dar aos espectadores maior autonomia em relação à escolha dos programas e horários desejados e aproximar mais os conteúdos de TV e internet.

A BBC espera também descobrir com o teste a quais programas antigos que as pessoas querem de fato assistir, como e quando querem vê-los (na íntegra ou em clipes)

No evento, Highfield falou também sobre as mudanças que tornarão o serviço iPlayer, que recebe sinal de TV a cabo ou pela web, compatíveis com a plataforma Machintosh, da Apple, e dos planos de lançar set-top-boxes híbridos, que acessam a internet e gravam conteúdo de TV da BBC.

O iPlayer da BBC deve ser lançado no fim deste ano, mas ainda aguarda a aprovação da BBC Trust, braço regulador do conglomerado. A BBC disse que o serviço será oferecido primeiramente a computadores equipados com Windows e, posteriormente, para TV a cabo, plataforma Macintosh e aparelhos portáteis como PDAs.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail