Home > Notícias

As dez músicas mais conectadas de todos os tempos

O COMPUTERWORLD pequisou e encontrou as canções mais integradas com temas de TI. Confira o ranking

Por Equipe do COMPUTERWORLD

20/04/2007 às 17h28

Foto:

O COMPUTERWORLD pequisou e encontrou as canções mais integradas com temas de TI. Confira o ranking

Entre no ritmo. Pense quais são as músicas que mais tratam temas de tecnologia que você conhece? Mas não exercite demais sua memória com isso, porque o COMPUTERWORLD fez o trabalho pesado. Reunimos aqui as 10 canções que, ao invés de abordar temas românticos, políticos ou sociais, tratam de tecnologia nas letras. Muitas são de sucesso, mas há também outras pouco conhecidas – apesar de bastante conectadas –, que fazem parte da lista. Aperte o play (ah, é o botão do mouse) e confira!

> Clique aqui e conheça a relação dos dez filmes mais conectados

10. Pelo telefone
Composição: Ernesto dos Santos (Donga) e Mauro de Almeida

Tente imaginar o que representa algo ultra-moderno para um cidadão do início do século XX. Pois então. Esse samba – a propósito, conhecido como o primeiro samba gravado no Brasil – significou exatamente isso. Datado de 1917, a composição de Ernesto dos Santos, o Donga, e Mauro de Almeida marcou época não só por ter mudado o futuro dos carnavais brasileiros, mas também por imaginar o que a tecnologia podia trazer para o mundo. Sem dúvida, merece uma posição na lista.

Pelo telefone - Ernesto dos Santos (Donga) e Mauro de Almeida

O chefe da polícia
Pelo telefone manda me avisar
Que com alegria
Não se questione para se brincar

Ai, ai, ai
É deixar mágoas pra trás, ó rapaz
Ai, ai, ai
Fica triste se és capaz e verás

Tomara que tu apanhe
Pra não tornar fazer isso
Tirar amores dos outros
Depois fazer teu feitiço

Ai, se a rolinha, Sinhô, Sinhô
Se embaraçou, Sinhô, Sinhô
É que a avezinha, Sinhô, Sinhô
Nunca sambou, Sinhô, Sinhô
Porque este samba, Sinhô, Sinhô
De arrepiar, Sinhô, Sinhô
Põe perna bamba, Sinhô, Sinhô
Mas faz gozar, Sinhô,

O “Peru” me disse
Se o “Morcego” visse
Não fazer tolice
Que eu então saísse
Dessa esquisitice
De disse-não-disse

Ah! Ah! Ah!
Aí está o canto ideal, triunfal
Ai, ai, ai
Viva o nosso Carnaval sem rival

Se quem tira o amor dos outros
Por Deus fosse castigado
O mundo estava vazio
E o inferno habitado

Queres ou não, Sinhô, Sinhô
Vir po cordão, Sinhô, Sinhô
É ser folião, Sinhô, Sinhô
De coração, Sinhô, Sinhô

Porque este samba, Sinhô, Sinhô
De arrepiar, Sinhô, Sinhô
Põe perna bamba, Sinhô, Sinhô
Mas faz gozar, Sinhô, Sinhô

Quem for bom de gosto
Mostre-se disposto
Não procure encosto
Tenha o riso posto
Faça alegre o rosto
Nada de desgosto

Ai, ai, ai
Dança o samba
Com calor, meu amor
Ai, ai, ai
Pois quem dança
Não tem dor nem calor++++

9. Computer World - Kraftwerk

A questão central que traz o Kraftwerk à lista é, além da temática dessa música em especial, o histórico da banda. Conhecidos por serem os pais da música eletrônica, além de abordar assuntos como a vida urbana e a tecnologia européia pós-guerra, foram eles também que trouxeram os equipamentos mais modernos ao mundo da criação do som. Para representar a banda, é claro, não podíamos escolher outra música que não fosse Computer World. Precisa mais?

Computer World - Kraftwerk
Composição: Indisponível

Interpol and Deutsche Bank, FBI and Scotland Yard
Interpol and Deutsche Bank, FBI and Scotland Yard
Business, Numbers, Money, People
Business, Numbers, Money, People
Computer World
Computer World

Interpol and Deutsche Bank, FBI and Scotland Yard
Interpol and Deutsche Bank, FBI and Scotland Yard
Business, Numbers, Money, People
Business, Numbers, Money, People
Computer World
Computer World

Interpol and Deutsche Bank, FBI and Scotland Yard
Interpol and Deutsche Bank, FBI and Scotland Yard
Crime, Travel, Communication, Entertainment
Crime, Travel, Communication, Entertainment
Computer World
Computer World++++

8. Vou Te Excluir do Meu Orkut
Composição: Everton Assunção

O inegável dessa música é que o compositor não esqueceu de falar de como as ferramentas tecnológicas estão afetando a vida das pessoas e também as relações que estabelecem. Isso sem falar no imenso sucesso entre os internautas! De forma enumerada, o músico não esqueceu as comunidades de relacionamento, nem as ferramentas de mensagem instantânea, muitos menos os e-mails e programas de apresentação baseados em slides. Ouça por si mesmo como até em gêneros sertanejos (ou similares) a tecnologia começou a fazer parte das letras das músicas.

Vou Te Excluir do Meu Orkut – Everton Assunção

Sei que os anos vão passando e eu amando mais você
Lhe dedicando sempre um amor sem fim
Bons momentos de paixão e de felicidade
E eu sempre acreditei que o seu amor era verdade
Você sempre jurou a mim eterno amor
Que um dia casaria comigo e seria feliz
Mas você mentiu e vi que estava errado
Um dia vi você sair com um ex-namorado

Eu vou te deletar te excluir do meu orkut
Eu vou te bloquear no msn
Não me mande mais scraps nem e-mail power point
Me exclua também e adicione ele.

Sei que os anos vão passando e eu amando mais você
Lhe dedicando sempre um amor sem fim
Bons momentos de paixão e de felicidade
E eu sempre acreditei que o seu amor era verdade
Você sempre jurou a mim eterno amor
Que um dia casaria comigo e seria feliz
Mas você mentiu e vi que estava errado
Um dia vi você sair com um ex-namorado

Eu vou te deletar te excluir do meu orkut
Eu vou te bloquear no msn
Não me mande mais scraps nem email power point
Me exclua também e adicione ele.++++

7. Hyperconectividade
Composição: Lulu Santos

Quem hoje vive desconectado? Se a conexão da internet cair em casa, a pessoa liga brava para as provedores; no trabalho, então, quem faz negócios sem a rede mundial? Tudo está conectado. De qualquer lugar, fala-se com qualquer lugar, comercializa-se com pessoas em qualquer canto do mundo. Isso revela como estamos altamente ligados um ao outro e torna o conceito de "aldeia global", criado pelo sociólogo canadense Marshall McLuhan, apropriado à nossa realidade. A melhor definição do cenário pelo âmbito tecnológico, portanto, é conectividade. Mais adequado ainda: hyperconectividade. Justamente por isso, a música de Lulu Santos – que leva o termo como título – merece uma posição na lista.

Hyperconectividade - Lulu Santos

Acho que dessa vez eu vi
Algo que estava parado e se moveu
Nunca vi nada receber minha ligação
Tão rápido e responder

De outra forma, mais uma vez
Eu vou perguntar quem é que está aí
Hoje não tem sessão de copo
Quer fazer então o favor de se apresentar

Você vem do futuro, eu te espero bem aqui
Esclarece o obscuro
E faz a hyperconectividade rolar
E pega no ar
Hyperconectividade, liga lá

Em mil anos de minha vida
Nunca imaginei que isso fosse acontecer
Foi um pé e depois o outro
Na verdade nada é mais simples que levitar
É só começar

Você vem do futuro, eu te espero bem aqui
Esclarece o obscuro
E faz a hyperconectividade rolar
E pega no ar
Hyperconectividade, liga lá

Acho que dessa vez eu vi
Algo que estava parado e se moveu
Nunca vi nada receber minha ligação
Tão rápido e responder

Em mil anos de minha vida
Nunca imaginei que isso fosse acontecer
Foi um pé e depois o outro
Na verdade a gente se amarra é num clichê

Você vem do futuro, eu te espero bem aqui
Esclarece o obscuro
E faz a hyperconectividade rolar
E pega no ar
Hyperconectividade, liga lá ++++

6. Star me up
Composição: Rolling Stones

Do que você lembra quando ouve a essa música? Se você não for jovem demais, nem viveu em longínquas províncias, provavelmente sua memória o remete ao motivo pelo qual essa canção dos Rolling Stones merece a sexta posição no ranking das “Músicas mais conectadas”. Star me up marcou época quando foi "comprada" pela Microsoft para se tornar a canção oficial do lançamento do Windows 95. (Claro que lembramos que o Tony Garrido foi o garoto-propaganda do lançamento do Vista, mas nem dá para comparar!)

Star me up – Rolling Stones

If you start me up
If you start me up I'll never stop
If you start me up
If you start me up I'll never stop
I've been running hot
You got me ticking gonna blow my top
If you start me up
If you start me up I'll never stop
You make a grown man cry
Spread out the oil, the gasoline
I walk smooth, ride in a mean, mean machine
Start it up
If you start it up
Kick on the starter give it all you got, you got, you got
I can't compete with the riders in the other heats
If you rough it up
If you like it you can slide it up, slide it up
Don't make a grown man cry
My eyes dilate, my lips go green
My hands are greasy
She's a mean, mean machine
Start it up
If start me up
Give it all you got
You got to never, never, never stop
Never, never
Slide it up
You make a grown man cry
Ride like the wind at double speed
I'll take you places that you've never, never seen
Start it up
Love the day when we will never stop, never stop
Never stop, never stop
Tough me up
Never stop, never stop, never stop
You, you, you make a grown man cry
You, you make a dead man come
You, you make a dead man come++++

5. Cérebro eletrônico
Composição: Gilberto Gil

Quando lançamos a versão dos filmes mais conectados – e também a lista com sugestões dos leitores – falamos muito de cybors e de roteiros em que as máquinas atingiam altos níveis de desenvolvimento e ganhavam vida, dominando o mundo. A letra dessa música composta por Gilberto Gil, mas que ficou conhecida na voz de Marisa Monte, fala dessa questão: o computador como equipamento que faz tudo e, apesar disso, continua eternamente na condição de máquina.

Cérebro eletrônico - Gilberto Gil

O cérebro eletrônico faz tudo
Faz quase tudo
Quase tudo
Mas ele é mudo
O cérebro eletrônico comanda
Manda e desmanda
Ele é quem manda
Mas ele não anda

Só eu posso pensar se Deus existe, só eu
Só eu posso chorar quando estou triste, só eu
Eu cá com meus botões de carne e osso
Hum, hum
Eu falo e ouço
Hum, hum
Eu penso e posso

Eu posso decidir se vivo ou morro
Porque
Porque sou vivo, vivo pra cachorro
E sei
Que cérebro eletrônico nenhum me dá socorro
Em meu caminho inevitável para a morte
Porque sou vivo, ah, sou muito vivo
E sei
Que a morte é nosso impulso primitivo
E sei
Que cérebro eletrônico nenhum me dá socorro
Com seus botões de ferro e seus olhos de vidro++++

4. Admirável chip novo
Composição: Pitty

A roqueira baiana Pitty adora polemizar. Mostrou em seus primeiros álbuns que não quer tratar apenas de temas românticos. Uma de suas críticas, portanto, foi à sociedade informatizada, que apenas obedece a ordens – como se fossem máquinas – e aceita as ações de marketing das companhias como objetos passivos.

Admirável chip novo  - Pitty

Pane no sistema, alguém me desconfigurou
Aonde estão meus olhos de robô?
Eu não sabia, eu não tinha percebido
Eu sempre achei que era vivo
Parafuso e fluido em lugar de articulação
Até achava que aqui batia um coração
Nada é orgânico, é tudo programado
E eu achando que tinha me libertado,
Mas lá vem eles novamente e eu sei o que vão fazer:
Reinstalar o sistema

Pense, fale, compre, beba
Leia, vote, não se esqueça
Use, seja, ouça, diga
Tenha, more, gaste e viva

Pense, fale, compre, beba
Leia, vote, não se esqueça
Use, seja, ouça, diga...

Não senhor, Sim senhor, Não senhor, Sim senhor

Pane no sistema, alguém me desconfigurou
Aonde estão meus olhos de robô?
Eu não sabia, eu não tinha percebido
Eu sempre achei que era vivo
Parafuso e fluido em lugar de articulação
Até achava que aqui batia um coração
Nada é orgânico, é tudo programado
E eu achando que tinha me libertado,
Mas lá vem eles novamente e eu sei o que vão fazer:
Reinstalar o sistema.

Pense, fale, compre, beba
Leia, vote, não se esqueça
Use, seja, ouça, diga
Tenha, more, gaste e viva

Pense, fale, compre, beba
Leia, vote, não se esqueça
Use, seja, ouça, diga...

Não senhor, Sim senhor, Não senhor, Sim senhor

Mas lá vem eles novamente e eu sei o que vão fazer:
Reinstalar o sistema++++

3. Technologic
Composição: Draft Punk

Apesar de que pouco se entende da letra ao ouvir a música, o Daft Punk – atualmente um dos principais projetos de dance music francês – merece um destaque na lista. Isso porque a música Technologic foi criada para um comercial de iPod mostrado no verão de 2005 e que também foi apresentada no celular Motorola E398, que apareceu no Brasil no começo de 2005. O vídeoclip inclusive mostra o que foi descrito como um “bebe robô alien”.

Technologic - Daft Punk
Composição: Indisponível

Buy it, use it, break it, fix it,
trash it, change it, mail - upgrade it,
charge it, point it, zoom it, press it,
snap it, work it, quick - erase it,
write it, cut it, paste it, save it,
load it, check it, quit - rewrite it,
plug it, play it, burn it, rip it,
drag and drop it, zip - unzip it,
lock it, fill it, call it, find it,
view it, code it, jam - unlock it,
surf it, scroll it, pause it, click it,
cross it, crack it, switch - update it,
name it, read it, tune it, print it,
scan it, send it, fax - rename it,
touch it, bring it, pay it, watch it,
turn it, leave it, start - format it.

Technologic, technologic, technologic, technologic.

touch it, scroll it, pause it, click it,
cross it, crack it, switch - update it,

lock it, fill it, call it, find it,
view it, code it, jam - unlock it,

Buy it, use it, break it, fix it,
trash it, change it, mail - upgrade it,
charge it, point it, zoom it, press it,
snap it, work it, quick - erase it,
write it, cut it, paste it, save it,
load it, check it, quit - rewrite it,
surf it, scroll it, pause it, click it,
cross it, crack it, switch - update it,
name it, read it, tune it, print it,
scan it, send it, fax - rename it,
touch it, bring it, pay it, watch it,
turn it, leave it, start - format it.

Buy it, use it, break it, fix it,
trash it, change it, mail - upgrade it,
charge it, point it, zoom it, press it,
snap it, work it, quick - erase it,
write it, cut it, paste it, save it,
load it, check it, quit - rewrite it,
plug it, play it, burn it, rip it,
drag and drop it, zip - unzip it,
surf it, scroll it, pause it, click it,
cross it, crack it, switch - update it,
name it, read it, tune it, print it,
scan it, send it, fax - rename it,

Technologic, technologic, technologic, technologic++++

2. It´s all about the pentiuns - Weird Al Yankovic

Alfred Matthew "Weird Al" Yankovic é aquele tipo de pessoa multifunção. Sua lista de profissões inclui as habilidades de músico, humorista parodista, compositor, acordionista e produtor de televisão. Entre essas produções é evidente que ele não deixou de abordar – e fazer sátiras – que tratam de tecnologia. Destacamos duas: It´s all about the pentiuns – paródia de "It's All about the Benjamins", de Puff Daddy –, eBay – paródia de "I Want It That Way" do grupo Backstreet Boys – e, finalmente, “Don’t download this song”, do album Straight outta Lynwood.

It's All About The Pentiums - Weird Al Yankovic

It's all about the Pentiums, baby
Uhh, uh-huh, yeah
Uhh, uh-huh, yeah
It's all about the Pentiums, baby
It's all about the Pentiums, baby
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
Yeah

What y'all wanna do?
Wanna be hackers? Code crackers? Slackers
Wastin' time with all the chatroom yakkers?
9 to 5, chillin' at Hewlett Packard?
Workin' at a desk with a dumb little placard?
Yeah, payin' the bills with my mad programming skills
Defraggin' my hard drive for thrills
I got me a hundred gigabytes of RAM
I never feed trolls and I don't read spam
Installed a T1 line in my house
Always at my PC, double-clickin' on my mizouse
Upgrade my system at least twice a day
I'm strictly plug-and-play, I ain't afraid of Y2K
I'm down with Bill Gates, I call him "Money" for short
I phone him up at home and I make him do my tech support
It's all about the Pentiums, what?
You've gotta be the dumbest newbie I've ever seen
You've got white-out all over your screen
You think your Commodore 64 is really neato
What kinda chip you got in there, a Dorito?
You're usin' a 286? Don't make me laugh
Your Windows boots up in what, a day and a half?
You could back up your whole hard drive on a floppy diskette
You're the biggest joke on the Internet
Your database is a disaster
You're waxin' your modem, tryin' to make it go faster
Hey fella, I bet you're still livin' in your parents' cellar
Downloadin' pictures of Sarah Michelle Gellar
And postin' "Me too!" like some brain-dead AOL-er
I should do the world a favor and cap you like Old Yeller
You're just about as useless as jpegs to Hellen Keller

It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)

Now, what y'all wanna do?
Wanna be hackers? Code crackers? Slackers
Wastin' time with all the chatroom yakkers?
9 to 5, chillin' at Hewlett Packard?

Uh, uh, loggin' in now
Wanna run wit my crew, hah?
Rule cyberspace and crunch numbers like I do?
They call me the king of the spreadsheets
Got 'em printed out on my bedsheets
My new computer's got the clocks, it rocks
But it was obsolete before I opened the box
You say you've had your desktop for over a week?
Throw that junk away, man, it's an antique
Your laptop is a month old? Well that's great
If you could use a nice, heavy paperweight
My digital media is write-protected
Every file inspected, no viruses detected
I beta tested every operation system
Gave props to some, and others? I dissed 'em
While your computer's crashin', mine's multitaskin'
It does all my work without me even askin'
Got a flat-screen monitor forty inches wide wide
I believe that your says "Etch-A-Sketch" on the side
In a 32-bit world, you're a 2-bit user
You've got your own newsgroup, "alt.total-loser"
Your motherboard melts when you try to send a fax
Where'd you get your CPU, in a box of Cracker Jacks?
Play me online? Well, you know that I'll beat you
If I ever meet you I'll control-alt-delete you
What? What? What? What? What?

It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
It's all about the Pentiums! (It's all about the Pentiums, baby)
Now, what y'all wanna do?
Wanna be hackers? Code crackers? Slackers
Wastin' time with all the chatroom yakkers?
9 to 5, chillin' at Hewlett Packard?
What??++++

1.    Pela internet
Composição: Gilberto Gil

Não resta dúvida. A posição número um vai para a criativa letra da canção composta por Gilberto Gil, que conseguiu, além de abordar a questão da tecnologia, chamar atenção para o fato da rápida evolução dos equipamentos usados no cotidiano de usuários finais e empresas. Se você leu atentamente a todas as letras de músicas listadas aqui, perceberá que o compositor tratou do tema da inovação e do desenvolvimento tecnológico não diretamente, mas sim com uma espécie de paródia da música Pelo Telefone – a número 10 da nossa lista.

Pela Internet - Gilberto Gil

Criar meu web site
Fazer minha home-page
Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleje

Que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve um oriki do meu velho orixá
Ao porto de um disquete de um micro em Taipé

Um barco que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve meu e-mail até Calcutá
Depois de um hot-link
Num site de Helsinque
Para abastecer

Eu quero entrar na rede
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tietes de Connecticut

De Connecticut acessar
O chefe da Macmilícia de Milão
Um hacker mafioso acaba de soltar
Um vírus pra atacar programas no Japão

Eu quero entrar na rede pra contactar
Os lares do Nepal, os bares do Gabão
Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular
Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se jogar

Gostou? Concordou? Se tiver mais sugestões, comente

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail