Home > Notícias

Sony lança site diferenciado de compartilhamento de vídeos no Japão

Serviço concorrente do YouTube promete não ter problemas com direitos autorais. Usuários podem postar, baixar e comentar vídeos

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

27/04/2007 às 12h20

Foto:

Serviço concorrente do YouTube promete não ter problemas com direitos autorais. Usuários podem postar, baixar e comentar vídeos

A Sony lançou nesta sexta-feira (27/04) no Japão o eyeVio, site onde os usuários podem compartilhar vídeos e postar opiniões sobre eles ou de outros membros. O site promete ser um concorrente potencial para o YouTube do Google, com um diferencial: será monitorado para evitar  problemas com a questão de direitos autorais.

O site eyeVio permite que os usuários façam upload de vídeos e assistam aos de outros membros. Ainda é possível se inscrever em canais que possuem conteúdo de fornecedores comerciais, modelos, designers e escritores.

Para evitar problemas com violação de direitos autorais, como aconteceu com o YouTube, a Sony declarou que irá monitorrar os vídeos enviados pelos usuários - apesar de não ter declarado como faria isso. A empresa não anunciou planos de lançar o serviço em outros continentes.

Os usuários do eyeVio podem baixar vídeos do site para o iPod da Apple, para o Walkman da Sony e também para o PlayStation Portátil. Os usuários do Gmail do Google podem entrar com detalhes de sua conta para ter seu catálogo de endereços importado automaticamente.

Feeds para os vídeos também podem ser associados a um blog já existente. Além dos serviços Playlog e So-net, da Sony, os usuários podem se conectar a um blog da empresa Livedoor. Membros tem ainda a possibilidade de ajustar o sistema para receber posts de celulares.

Os vídeos podem ter até 150MB e estarem em diferentes formatos: MPEG4, MPEG2, MPEG, Flash, 3GP, 3GP2, Windows Media Video, AVI, Quicktime, DVD VOB e Real Media.

*Martyn Williams é editor do IDG News Service em Tóquio

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail